quinta-feira, 29 de abril de 2010

WORKSHOP SARA LAMÚRIAS NA RESTART

Nos próximos dias 8, 9 e 15 de Maio, a designer Sara Lamúrias (aforestdesign) coordena, no centro de formação profissional Restart, em Lisboa, o workshop "Design de Vestuário - Fantásticas Inversões", destinado a todo o público interessado em design e em design de vestuário em particular. O workshop pretende que os participantes explorem, através de um discurso de concepção no universo do fantástico, o encontro com novas peças de vestuário, através do cruzamento com objectos e funções inusitadas, de alterações de perspectiva, tamanho relativo, de inversões, combinações e descontextualização.

Para mais informações, consulte www.restart.pt

MNEMOSYNE

Em 2009, a stylist e videomaker Daphne Guinness criou o seu primeiro perfume, “Mnemosyne”, em colaboração com Comme des Garçons, e produziu um vídeo para o seu lançamento, que, segundo a própria Daphne, não era um anúncio promocional, mas "uma obra de arte autónoma inspirada na essência da fragrância, com cores subtis, referências florais e movimentos fluidos e sem quaisquer logótipos ou nomes".

O perfume é um sucesso de vendas na concept store Dover Street Market, em Londres, e o vídeo é agora indicado para o prémio Webby, que distingue os melhores sites, filmes e vídeos online, na categoria experimental. A votação online nos nomeados aos Webby Awards termina hoje, com os cibernautas a poderem escolher os vencedores de algumas categorias, naquela que é chamada de “The Webby People´s Voice Awards”. Os vencedores serão anunciados numa cerimónia em Nova Iorque, no próximo dia 14 de Junho.

http://webbyawards.com/


VNFOLD

Arte, Cultura, Moda, Música. "This is Vnfold, the magazine that you can check out online, open up on a table or hang on your wall". Ficou curioso(a)? Veja o website e vídeo abaixo.

http://www.vnfold.com/

quarta-feira, 28 de abril de 2010

NIKE SPORTSWEAR LANÇA CAMPANHA “DEFENDE AS TUAS CORES”

O que têm em comum uma estrela internacional do futebol, um novo rosto da representação, uma stylist em ascensão e um novo talento das pistas de dança das melhores discotecas da cidade? A paixão pelo futebol, o gosto pelo desporto, o amor ao país e às cores da Selecção Nacional, a afeição pelo Verde da bandeira, do relvado e da esperança.

O Mundial na África do Sul, o grande momento desportivo do ano, aproxima-se, e, fiel à sua ligação ao desporto, a Nike Sportswear une-se ao evento através da sua campanha “Defende as tuas cores”, que tem como rosto Cristiano Ronaldo, o mais conceituado jogador português da actualidade e embaixador da marca. A seu lado, aparecem três promissores artistas da actualidade. Pedro Barroso, ex–modelo e actualmente considerado como uma jovem promessa no domínio da representação; Mónica Lafayette, stylist e trendsetter conhecida pela sua imagem e atitude arrojada; e Filipe Macedo, mais conhecido por Mad.Mac, promissor Dj e autor da Mad Subculture portuguesa.

Com esta campanha, a Nike Sportwear convida-nos a defender a nossa paixão pelo futebol, a dar vida ao Verde que representa o nosso país, e a liderar a “equipa” Nike Sportswear portuguesa, vestindo a peça de roupa que marca a diferença neste Verão: o Grand Slam Polo.

O Grand Slam Polo foi projectado para combater o calor através de inovações como o pique 100% algodão e de alta qualidade que o compõe, e a sua alta respirabilidade no colarinho conseguida através da sua estrutura e das subtis aberturas de ventilação. Está disponível em versão masculina e feminina, e em seis cores distintas.

Defenda as suas cores!

MATRIOSHKA E CANETA MARGIELA

Mais uma vez, a Maison Martin Margiela surpreende-nos com as suas peças. O designer belga acaba de apresentar a versão mais minimalista da tradicional boneca russa Matrioshka, em branco puro e com nada mais do que a inscrição MMM na parte inferior. Além disso, Margiela recupera o requinte dos antigos instrumentos de escrita e apresenta uma pena branca com uma ponta de caneta Bic, dando um toque de singularidade a um objecto do quotidiano. Sublime!

Disponível online em http://www.slamjam.com/








terça-feira, 27 de abril de 2010

V&A MUSEUM APRESENTA “GRACE KELLY: STYLE ICON”

A exposição “Grace Kelly: Style Icon”, patente no Victoria & Albert Museum, em Londres, até 26 de Setembro de 2010, traduz a magia e o estilo de uma das actrizes mais fotografadas do século XX.

Quando pensamos em Grace Kelly (1929-1982), o que normalmente recordamos é a sua beleza e elegância, e, inevitavelmente, a mítica Kelly Bag da Hermes. Grace Kelly atingiu a fama como actriz na década de 1950, brilhando em filmes de Hitchcock e outros cineastas. A sua imagem foi largamente fomentada pela indústria cinematográfica, que alimentou o desejo por imagens de estrelas glamourosas através de revistas e jornais.

Grace Kelly simbolizava o look clássico e discreto que usava dentro e fora do ecrã e pouco a pouco tornou-se a embaixadora da moda americana, com um estilo muito simples e genuíno: vestidos camiseiro, calças e camisas, além de elegantes vestidos que usou em eventos especiais.

A exposição “Grace Kelly: Style Icon” explora, através do seu guarda-roupa, a história da sua transformação de estrela de Hollywood a princesa de uma das mais antigas famílias reais da Europa. Além do seu guarda-roupa de cinema, estão também em exibição os muito publicitados vestidos do seu enxoval e casamento, e as sumptuosas criações de Christian Dior, Balenciaga ou Yves Saint Laurent que vestiu enquanto Princesa do Mónaco.

Grace Kelly continua a inspirar designers, stylists e fashionistas de todo o mundo, além de séries como “Mad Men”. Grace Kelly entendeu a importância da moda e da roupa para qualquer papel, afirmando: “a nossa vida dita o tipo de guarda-roupa que temos, mas é importante observar a pessoa primeiro, e só depois a roupa”.



YOU’RE HERE - NOVA CAMPANHA CONVERSE INSPIRA A CRIATIVIDADE

Inspirar a criatividade e originalidade na Arte, na Moda e no Desporto. Este é o objectivo da nova campanha Verão 2010 da Converse, que se propõe incentivar os consumidores a actuar com criações divulgadas pelo claim “You’re On”, “You’re Up” e “You’re it”. A iniciativa arrancou com vários eventos a 22 de Janeiro em Berlim, Los Angeles e Sydney e no passado dia 15 de Abril, no MUDE – Museu do Design e da Moda, em Lisboa.

Para replicar o espírito da campanha, direccionada para a criatividade do dia-a-dia - “You’re Here” - a Converse convidou um grupo de 7 artistas locais (Rui Ventura, Ana Ventura, Filipe Rebelo, André Pinto, Cláudio Balas, Nuno Rocha e David Infante) que representam o espírito da marca e desta campanha, para apresentarem uma mostra verdadeiramente única. “You’re Here” em Lisboa incentivou ainda o público a participar neste processo durante os dias da exposição que decorreu de 16 a 25 de Abril, no MUDE – Museu do Design e da Moda, com a presença de Grafiters todas as tardes, bem como uma acção de oferta e personalização de T-shirts Converse pelos From the Cave, com actuação simultânea do DJ Andy H e de Skaters, no passado dia 23 de Abril.


A CAMPANHA

No centro da iniciativa Converse está um conjunto de curtas-metragens que representam artistas desconhecidos que a marca recrutou de todo o mundo. Partilhando uma paixão comum pelos seus trabalhos, os filmes mostram os artistas em acção, transmitindo histórias pessoais que reflectem o seu processo criativo e de inspiração. Cada filme termina com uma “chamada para a acção” que desafia o interveniente a encontrar o seu caminho na criatividade. A Converse está a divulgar estes pequenos filmes de mais de 20 artistas, apresentando um vasto número de talentos, incluindo: Bang Yao Liu, um estudante de Taipei, que trabalha em criações coloridas de objectos do dia-a-dia; Ulisses, um músico de inspiração punk que reinventa música tradicional Mexicana; Mentalgassi, um grupo residente na Alemanha que faz arte de rua de uma forma surpreendente e Olívia Bee, uma fotógrafa de 15 anos de Portland, Oregon, que capta a vida dos jovens com a sua câmara, entre outros.

Para além da série de pequenos filmes, a Converse conta com os artistas e as suas obras, para a campanha de publicidade lançada em mais de 50 países em todo o mundo, que inclui a área digital, o ponto de venda, a imprensa e outdoors.



segunda-feira, 26 de abril de 2010

STOCKMARKET ESTÁ DE VOLTA

Moda, Decoração, Livros, Discos, Filmes, Cosmética, Perfumes, Joalharia, Relojoaria, tudo a preços de "perder a cabeça". Esta é a receita do Stockmarket, o maior mercado de escoamento de stocks com a melhor qualidade e diversidade de marcas do nosso país. Depois do comprovado êxito das catorze anteriores edições e do crescente interesse dos lojistas e visitantes, o STOCKMARKET regressa novamente a Lisboa e ao Porto. Nos próximos dias 30 de Abril, 1 e 2 de Maio estará no Centro de Congressos de Lisboa e, no fim-de-semana seguinte, dias 7, 8 e 9 de Maio, no pavilhão 6 da Exponor.

Dezenas de expositores disponibilizarão ao público uma selecção de colecções passadas de Primavera/Verão das melhores marcas nacionais e internacionais, com descontos até 70%. Destaque para a participação dos criadores portugueses Filipe Faísca, Katty Xiomara, Luís Buchinho, Nuno Baltazar e Nuno Gama, e das reconhecidas marcas internacionais Agatha Ruiz de la Prada, Armani Jeans, Chloé, D&G, Diesel, Fred Perry, Gerard Darel, Karl Lagerfeld Uomo, Miss Sixty, Nolita, Tara Jarmon, Vivienne Westwood, entre muitas outras.

Shopaholics comprem já os vossos bilhetes!

Mais informações em www.stockmarketshow.com

JIMMY CHOO LANÇA COLECÇÃO DE TÉNIS

Jimmy Choo dá mais um passo para se tornar o designer de sapatos mais venerado do mundo. O sapateiro das celebridades decide voltar a pousar os nossos pés no chão com uma pequena colecção de ténis que será colocada à venda este Verão.

É comum as marcas de luxo criarem ao seu redor uma aura de grandeza e restrição, um aviso de que não são acessíveis a todos os públicos. Empresas como Hermes ou Balenciaga fazem desta exclusividade a sua senha de identidade, mas não é o caso da Jimmy Choo. É certo que os seus sapatos não são acessíveis a qualquer pessoa, mas o designer já colaborou com marcas low cost como a H&M e nessa altura os seus stilettos e bolsas desapareceram das estantes em poucos minutos. Mais recentemente, Jimmy Choo colaborou também com a marca de botas australiana UGG. Agora, o designer decide ampliar a sua gama de produtos com uma colecção de ténis em pele, nas cores bege, azul e preto. A colecção tem duas linhas - sapatilhas altas, chamadas Tóquio, e baixas, chamadas Miami – e estará à venda este Verão.



JIMMY CHOO

Jimmy Choo fez história ao produzir sapatos sob encomenda no seu atelier no East End, em Londres. Em 1996, o artesão foi descoberto por Tamara Mellon, que comprou metade do seu negócio e apresentou os seus trabalhos às principais jornalistas de moda da Europa. O seu sucesso foi imediato. Pouco tempo depois, era inaugurada a primeira loja Jimmy Choo, em Knightsbridge. Seguiram-se mais quatro espaços na capital inglesa: New Bond Street, Draycott Avenue, Harvey Nichols e Selfridges. Em dez anos, Tamara Mellon transformou a marca Jimmy Choo num ícone de luxo mundial. O grande boom ocorreu com a abertura da primeira loja americana, em Hollywood, e com a chegada da jovem Sandra Choi, actual designer da marca e ex-assistente de Choo, que passou a desenvolver colecções mais ousadas e jovens, sem esquecer a qualidade e o perfeccionismo concedidos por Jimmy Choo. O sucesso no mercado americano levou à inauguração de outras lojas em Nova Iorque, Las Vegas e Los Angeles. A marca chegou posteriormente a Madrid, Tóquio, Bangkok, Dubai e São Paulo. O sucesso consolidou-se com a inauguração de uma loja na sofisticada Avenue Montaigne, em Paris.

Os sapatos Jimmy Choo são descritos como jóias e são usados por celebridades como Madonna, Cameron Diaz, Catherine Zeta-Jones e Sarah Jessica Parker. Os materiais são de primeira qualidade: há sandálias em seda, outras em pele de crocodilo, com detalhes surpreendentes como laços de veludo e fivelas de strass.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

PELÉ, MARADONA E ZIDANE PARA LOUIS VUITTON

A casa de moda francesa, Louis Vuitton, volta a surpreender com a sua nova campanha publicitária “Core Values”, protagonizada por três dos maiores futebolistas de todos os tempos. Pelé, do Brasil; Maradona, da Argentina; e Zinedine Zidane, de França, juntaram-se no Café Maravillas, um bar típico de Madrid, e foram desafiados para um jogo de matraquilhos. Iriam estes três grandes nomes do futebol trazer para este jogo as lendárias capacidades técnicas que mostravam em campo? As imagens de Annie Leibivotz deixam a expectativa, mas capturam claramente a atmosfera de rivalidade divertida e amigável. Ao balcão, está a mala Louis Vuitton Pegase em Mon Monogram personalizada com as iniciais de Zinedine Zidane, enquanto, ao lado, vemos uma Keepal em cima do banco. Abaixo podemos ler: "Three great journeys, one historic game".

Antoine Arnault, director de comunicação da Louis Vuitton, comenta: "Que adepto de futebol não sonhou ver estas três lendas vivas — Pelé, Maradona e Zidane — jogarem umas contras as outras? A Louis Vuitton orgulha-se de que tenham concordado juntar-se para a sua campanha Core Values."

As novas imagens “Core Values” começam a surgir nas edições de Junho das principais revistas internacionais. Ao mesmo tempo, o mini-website dedicado à campanha -www.louisvuittonjourneys.com - incluirá uma conversa entre os três jogadores, na qual falam sobre as suas carreiras, recordam os grandes jogos em que participaram e trocam ideias sobre o jogo preferido das pessoas em todo mundo. Para finalizar, Pelé e Zidane desafiam-se para um jogo de matraquilhos.

No contexto do seu compromisso continuado em relação à responsabilidade ambiental e ao desenvolvimento sustentável, a Louis Vuitton fará um donativo em nome de Pelé, Maradona e Zidane para o The Climate Project, encabeçado pelo Vencedor do Prémio Nobel Al Gore.

Veja o teaser sobre o mini-website que estará online em Maio.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

PANDAN - SAMPLE SHOP

Abriu recentemente em Lisboa a PANDAN - Sample Shop, um novo conceito de loja de vestuário e acessórios femininos, onde se podem encontrar peças da última colecção de marcas como Colcci, Yumi, Denny Rose, Espaço Fashion, entre muitas outras, a preços de lançamento.

Em cada estação, as marcas de prestígio lançam no mercado novas colecções através de mostras de modelos (samples), que apresentam aos responsáveis das lojas que comercializam as diversas marcas. A PANDAN vende os modelos dessas colecções que foram dadas a conhecer aos lojistas, a preços que chegam a ser metade do preço de venda ao público.

Como são peças únicas e originais de apresentação das colecções da época seguinte, os clientes da PANDAN têm o privilégio de serem as primeiras pessoas a usá-las, antes destas estarem à venda nas lojas habituais.

A PANDAN - Sample Shop está localizada na Rua Infante D. Pedro, 10 A, uma perpendicular da Av. de Roma, em Lisboa, com um horário de funcionamento das 11H00 às 20H00, todas as quartas e quintas-feiras.

Não deixe de passar por lá!

PANDAN-Sample Shop
Rua Infante D.Pedro nº10
1700-243 Lisboa
pandan.sampleshop@gmail.com

22 DE ABRIL – DIA MUNDIAL DA TERRA

Hoje celebra-se o Dia Mundial da Terra e aproveitamos para alertar para a necessidade de travar a destruição do nosso Planeta. Se todos contribuirmos, juntos podemos ter uma TERRA mais saudável.

Reciclar é bom, mas reutilizar é melhor. Já pensou na quantidade de garrafas de plástico que compra ao longo de um mês? A quantidade de copos de plástico que se utilizam nos locais de trabalho, em locais públicos, que são utilizados uma única vez e deitados ao lixo? E na maior parte das situações, esse plástico não é seleccionado para ser reciclado, criando biliões de toneladas de resíduos desnecessários e nocivos ao ambiente. Usar uma garrafa SIGG é uma forma inteligente e simples de reduzir o desperdício e cuidar melhor do nosso Planeta.

A SIGG foi fundada em 1908 na Suiça e é actualmente a garrafa de alumínio mais famosa do mundo, sendo vendida em 60 países. Depois de 100 anos de história, a SIGG transformou-se não só numa garrafa reutilizável, mas também 100% reciclável, eco-friendly e um verdadeiro acessório de moda.

A SIGG faz parte da colecção permanente do MoMa de Nova Iorque e lança anualmente uma colecção de garrafas com intervenções dos melhores designers independentes de todo o mundo. Cada garrafa SIGG é, portanto, uma obra de arte internacional.

Além disso, as garrafas SIGG são 100% seguras, superando as exigências da FDA (Autoridade de Alimentos e Fármacos). O seu revestimento interior é 100% livre de Bisfenol A (BPA), bactéria que se vai criando principalmente em garrafas de plástico e que é prejudicial para a saúde humana.

A SIGG é membro do “1% For The Planet”, uma organização não governamental criada em 2002 por Yvon Chouinard, fundador da Patagónia. Hoje em dia esta organização conta com mais de 1000 empresas à volta do mundo, que doam todos os anos 1% das suas vendas anuais para ajudar e restabelecer o meio ambiente. www.onepercentfortheplanet.org.

Por todo o Mundo, são cada vez mais as celebridades que tem a SIGG como a marca top de garrafas ecológicas e reutilizáveis.

Usar uma garrafa SIGG só tem vantagens!


PONTOS DE VENDA SIGG:

Lisboa - Colombo, Vasco da Gama, CascaiShopping, Forúm Almada;
Norte - Norte Shopping;
Centro - LeiriaShopping;
Sul - Algarve Shopping.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

TILDA & CONFUSED

Por ocasião do lançamento da edição de Maio da revista Dazed & Confused, a Dazed Digital apresenta um filme exclusivo de Glen Luchford com Tilda Swinton. Com styling de Katy England, o filme expõe um monólogo da actriz inglesa vencedora do Óscar da Academia, que está actualmente a protagonizar um novo filme: I am Love.

BURBERRY LANÇA LINHA "APRIL SHOWERS"

A casa britânica Burberry prepara-se para lançar uma colecção inédita intitulada "Burberry April Showers", integrada na colecção Burberry Brit. Trenchcoats de Verão, guarda-chuvas, botas em plástico estampadas, vestidos e pólos em cores ácidas. Um guarda-roupa para homem e mulher 100% à prova de água especialmente dedicado aos dias chuvosos de Primavera. Uma linha intemporal para a meia estação, numa gama de preços que varia entre os 150 euros para um guarda-chuva e os 600 euros para uma bolsa em tela Burberry. A colecção estará disponível nas lojas Burberry e no site www.burberry.com a partir de amanhã.

NEMO BY FABIO NOVEMBRE

Nemo, uma cadeira em forma de máscara gigante, é a mais recente criação do designer italiano Fabio Novembre e está actualmente em exibição na Driade Store, em Milão.

Fabio Novembre usa o mobiliário para contar histórias intensas e fascinantes, em que o protagonista é muitas vezes a figura humana, ou partes dela. Esta figura humana é capaz de se tornar abstracta e universal, e capaz de traduzir uma beleza mítica como a da arte grega. Em 2008, Fábio Novembre deu vida a uma misteriosa mulher recostada na espreguiçadeira “Divina” e com esta nova peça volta a explorar as possibilidades do “design antropomórfico”.

Em Nemo é escavada uma face com características clássicas para criar um espaço habitável. O resultado é uma cabeça-poltrona para ser vivida a partir do interior. Como uma máscara, esconde e revela simultaneamente o seu habitante. Desenhada para ser usada dentro e fora da mesma forma, Nemo tem o poder de transformar qualquer habitação num cenário teatral, e qualquer pessoa que a use torna-se protagonista de uma história.




terça-feira, 20 de abril de 2010

RETROSPECTIVA HENRI CARTIER-BRESSON NO MOMA

“Henri Cartier-Bresson: The Modern Century”, a grande retrospectiva de um dos mais originais e influentes mestres da fotografia do século XX, considerado por muitos como o pai do fotojornalismo, está patente no MoMa de Nova Iorque até ao dia 28 de Junho.

A exposição apresenta 300 fotografias do período de 1929 a 1989, 50 das quais nunca antes expostas ao público, e foca as décadas mais produtivas do fotógrafo, de 1930 a 1960. Em exibição está também uma selecção de edições originais da Life, Paris Match e outras revistas onde foram publicadas muitas das suas imagens.

O invulgar talento de Henri Cartier-Bresson para apreender imagens em “Momentos Decisivos” (título do seu primeiro grande livro) fez dele uma figura de liderança tanto no modernismo experimental da fotografia da década de 1930 como no fotojornalismo do pós 2ª Guerra Mundial.

A retrospectiva ”Henri Cartier-Bresson: The Century Modern” oferece uma nova visão do trabalho do fotógrafo, baseando-se em várias informações e imagens antes inacessíveis da Fundação Henri Cartier-Bresson, em Paris. A exposição viajará posteriormente para o The Art Institute de Chicago, o San Francisco Museum of Modern Art (SFMOMA), e o High Museum of Art, em Atlanta.

Henri Cartier-Bresson (1908-2004) é uma das figuras mais originais e veneradas na história da fotografia. O seu trabalho do início da década de 1930 ajudou a definir o potencial criativo da fotografia moderna. Após a 2ª Guerra Mundial e a sua primeira grande exposição no MoMa, em 1947, juntou-se a Robert Capa, Bill Vandivert, George Rodger e David Seymour e fundou a agência de fotografias Magnum, que permitia aos fotojornalistas alcançar uma audiência mais vasta através de revistas como a Life. Nessa altura, começou também o período de desenvolvimento mais sofisticado do seu trabalho. Revistas como a Life, Vogue e Harper´s Bazaar contrataram-no para viajar pelo mundo e registrar imagens únicas. Da Europa aos Estados Unidos, da Índia à China, Bresson dava o seu ponto de vista especial.

Durante mais de meio século, Bresson capturou o drama humano com a sua câmara, inspirando várias gerações de fotógrafos com seu estilo intimista, que o transformou no mestre indiscutível da escola francesa de fotografia. Ele desprezava fotografias arranjadas e cenários artificiais, alegando que os fotógrafos devem registar a sua imagem de uma forma rápida e apurada. O seu conceito de fotografia baseava-se no que ele chamava de " o momento decisivo" - o instante que evoca o espírito fundamental de alguma situação, quando todos os elementos externos estão no lugar ideal.

Cartier-Bresson defendia: "No meu modo de ver, a fotografia nada mudou desde a sua origem, excepto nos seus aspectos técnicos, os quais não são a minha preocupação principal. A fotografia é uma operação instantânea que exprime o mundo em termos visuais, tanto sensoriais como intelectuais, sendo também uma procura e uma interrogação constantes. É ao mesmo tempo o reconhecimento de um facto numa fracção de segundo, e o arranjo rigoroso de formas percebidas visualmente, que conferem a esse facto expressão e significado".



JIL SANDER NAVY

Ganhar novos clientes sem perder a identidade. Este é o desafio que enfrentam actualmente grandes marcas de luxo como a Jil Sander, que acaba de anunciar o lançamento de uma linha mais acessível, que se chamará Jil Sander Navy e terá preços 40% inferiores aos da colecção principal.

A nova marca terá o mesmo estilo minimalista e depurado característico da Jil Sander mas com uma atitude mais desportiva, compreendendo peças desconstruídas, jerseys leves e knitwear com estampados abstractos. A linha completa incluirá t-shirts, camisas, vestidos, calças, saias, casacos, trenchcoats e jeans, assim como uma selecção de acessórios como malas de mão, cintos e calçado. A primeira colecção a ser lançada em todo o mundo será a de Primavera / Verão 2011 e chegará às lojas em Janeiro de 2011. Os mercados prioritários para esta linha serão os Estados Unidos e o Japão.

Segundo fontes da própria empresa, a linha Jil Sander Navy não só responde à necessidade de chegar a uma clientela mais ampla, como vem completar o círculo de colecções de pronto-a-vestir e pré colecções.

“Vou continuar a revelar a marca Jil Sander, ultrapassando os seus limites e introduzindo novos elementos para atrair mais atenção para a casa”, afirma Raf Simons, director criativo da Jil Sander.





FOTOS E VÍDEO: Colecção Jil Sander Verão 2010

segunda-feira, 19 de abril de 2010

SAUDAÇÃO AO ESTÚPIDO!

A Diesel prossegue com a saudação aos estúpidos e apresenta o primeiro catálogo de moda em vídeo musical online do mundo protagonizado por 100 dos seus fãs. Quando os admiradores da marca italiana ouviram os primeiros rumores sobre a possibilidade de fazerem parte do elenco do catálogo em vídeo musical SS’10, aderiram em massa. Nos últimos dois meses, milhares de fãs submeteram a sua ideia de Ser Estúpido nas páginas do Facebook e do Twitter da Diesel, usando vídeos, imagens e desenhos.

Criado pela equipa criativa da Diesel em parceria com a agência Anomaly, o vídeo, realizado pelo francês Arno Salters, é inspirado no filme de Luc Godart “Band a Part” e mostra os 100 candidatos seleccionados a dançarem de uma maneira estupidamente Diesel. Graças a uma técnica especial de stop-motion, as pessoas filmadas mudam rapidamente, juntamente com as suas roupas, acompanhando suavemente a coreografia da dança. O filme funciona também como estreia do talento musical Josep Xorto e da sua nova música “A Hundred Lovers”.

Oficialmente lançado em www.diesel.com, o vídeo é completamente interactivo. Podemos fazer pausa, seleccionar itens individualmente, para obter informações sobre os produtos e comprá-los online, e ainda saber mais sobre as pessoas filmadas, acedendo às suas páginas nas redes sociais.

Viva os estúpidos!

PIERRE CARDIN: 60 ANOS DE INOVAÇÃO

Para comemorar o 60º aniversário da casa de moda francesa Pierre Cardin, a editora Assouline lança o livro "Pierre Cardin: 60 Years of Innovation", uma retrospectiva do trabalho do seu fundador.

Pierre Cardin é um dos grandes nomes da moda do século XX, sendo reconhecido pelo look futurista e formas geométricas das suas criações. Tudo começou em 1924, quando emigrou para Paris e trabalhou para Jeanne Paquin e Elsa Schiaparelli. Em 1946 integrou a equipa criativa da casa Dior e ajudou a produzir o “New Look” de 1947. Quatro anos depois lançou a sua própria marca.

Apaixonado pelo mundo das artes, Pierre Cardin desenhou máscaras e figurinos para teatro e em 1954 criou o vestido bolha, que se tornou um sucesso mundial. Nesse mesmo ano abriu a sua 1ª loja, a “Eve”, logo seguida pela “Adam”, de moda masculina. Gerou polémica em 1959 ao criar uma colecção de pronto-a-vestir feminino para a Printemps e foi expulso da “Chambre Syndicale de la Couture Parisienne” por se ter popularizado, sendo readmitido novamente mais tarde. Em 1964 lançou a colecção “Cosmos”, promovendo a ideia de moda unissexo, com túnicas que podiam ser usadas por homens e mulheres. A partir daí, a sua marca cresceu consideravelmente. Pierre Cardin foi o primeiro a demonstrar que a moda pode ser tanto um processo criativo como um negócio e que um homem pode sobressair como empresário e como artista. Foi pioneiro a diversificar a sua empresa e a investir o seu dinheiro em algo mais que a moda. Em 1970, comprou o antigo Thèâtre do Ambassadeurs e transformou-o numa sala de espectáculos, o Espace Cardin. Em 1978 assinou contratos de fabrico com a URSS, sendo o único do mundo da moda a abrir uma fábrica num país comunista. Cinco anos depois abriu o primeiro restaurante ocidental na China: Maxim's.

Actualmente, o seu império estende-se a mais de cem países. De panelas a perfume, passando por moda... o seu nome está escrito em cerca de 700 produtos diferentes.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

EXPOSIÇÃO COMEMORATIVA 20 ANOS CARREIRA LUÍS BUCHINHO

Para comemorar os seus 20 anos de carreira, Luís Buchinho associou-se à Galeria Dama Aflita, no Porto, para apresentar uma retrospectiva dos seus trabalhos de ilustração, desenhos e croquis. As peças estarão em exibição entre 24 de Abril e 29 de Maio, com uma selecção disponível para venda ao público, revelando assim uma nova perspectiva do trabalho criativo do designer.

A galeria Dama Aflita, promovida pela associação cultural homónima, tem como principal objectivo promover o desenvolvimento da Ilustração, do Desenho e dos seus autores, procurando ligações entre actividades multidisciplinares onde estas práticas são o principal motor, através de mostras e exposições regulares, workshops, publicações, intervenções urbanas, entre outros eventos. A Dama Aflita privilegia a troca de experiências entre os diversos territórios de actuação da Ilustração, construída a partir de identidades locais e por fenómenos globais contemporâneos.

As escolhas que conduzem a exposição comemorativa dos 20 anos de carreira de Luís Buchinho ultrapassam as leituras cronológicas evolutivas na sua carreira. O público terá a oportunidade de descobrir as diferentes abordagens que revelam continuidades e rupturas, ao mesmo tempo que se sublinham as mutações da representação da figura feminina e da construção de identidades ou de um estilo.

Os trabalhos expostos serão organizados segundo uma lógica tripartida entre o histórico, o processual e o dossier de candidatura de Luís Buchinho ao CITEX. “Desenhos de esboço, desenhos de análise, ilustrações de ambientes, etc. constituem-se, para além de veículos de observação do virtuosismo técnico, portas de entrada originais para o universo deste criador, que aqui se revela não numa passerelle, não numa fotografia, não a vestir fisicamente o corpo de uma mulher, mas antes nos traços de uma folha de papel”, afirma Pedro Rocha, programador musical de Serralves e curador.

Uma exposição a não perder!


LUÍS BUCHINHO - DESENHOS, CROQUIS E ILUSTRAÇÕES

24 ABRIL - 29 MAIO

Inauguração - Sábado, 24 de Abril, 17h
Pedras e Pêssegos - Praça Coronel Pacheco, 34 - Porto

Exposição - De 28 de Abril a 29 de Maio
Galeria Dama Aflita - Rua Da Picaria, 84 – Porto

www.damaaflita.com

"KISS MY IPHONE" POR DIANE VON FURSTENBERG

Para celebrar o lançamento da sua aplicação para o iPhone e iPad, Diane Von Furstenberg criou a skin "Kiss my iPhone", uma capa cor-de-rosa adornada com uma boca vermelha inspirada nas cores pop da marca. A aplicação permite aos utilizadores visionar as fotografias dos desfiles e comprar as últimas colecções Diane Von Furstenberg directamente através dos seus telemóveis. "Quis criar um mini mundo DVF ao qual podemos aceder onde quer que estejamos", explica a designer. Para a ocasião, Diane Von Furstenberg criou também um wrap dress, peça icónica da casa, em seda preta e branca inteiramente estampada com o monograma DVF.

A aplicação está disponível para download na Apple Store e a skin "Kiss my iPhone" está à venda nas lojas Diane Von Furstenberg por 18 euros.

LAGERFELD LIGHT


Karl Lagerfeld volta a usar a sua icónica silhueta num produto. Desta vez, o designer da Chanel desenhou uma edição especial de garrafas em alumínio de Coca-Coca light. A garrafa branca impressa com a silhueta do Kaiser custa 3,5 euros, sendo a caixa vendida por 60 euros, e estarão disponíveis a partir do próximo dia 24 de Abril, na concept store parisiense Colette.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

ULTRASUEDE: IN SEARCH OF HALSTON

No próximo dia 30 de Abril, será apresentado no Festival de Cinema de Tribeca o documentário “Ultrasuede: In Search of Halston”, que retrata a ascensão e queda de um dos mais importantes designers americanos do século XX. O seu auge ocorreu durante a década de 1970, quando celebridades como Diane von Furstenberg, Bianca Jagger, Lauren Bacall e Liza Minelli vestiam as suas inconfundíveis criações.

Halston era designer de chapéus da Bergdorf Goodman, e graças à eleição de Jackie Kennedy de um dos seus looks, conseguiu alcançar a fama e fazer as suas criações ícones de uma década, como o Ultrasuede dress. Consolidou um estilo simples e elegante, sem muitos detalhes, minimalista e marcante. Por valorizar e imprimir princípios da arte conceptual nas suas criações, aproximou-se de artistas, tornando-se grande amigo de Andy Warhol.

Agora, “Ultrasuede: In Search of Halston” recria a intensa vida do designer, a sua ascensão ao topo do sucesso na década de 1970 e o seu posterior declínio devido aos excessos. O documentário, realizado por Whitney Sudler-Smith, tem a duração de 89 minutos e está repleto de depoimentos de Andre Leon Talley, Anjelica Houston e Billy Joel.

A recente trajectória da Halston tem chamado a atenção, não só pela contratação da actriz Sarah Jessica Parker como designer da empresa, como pela recriação da sua filosofia criativa em pleno século XXI sem desvirtuar o legado do seu fundador.

http://www.halstonmovie.com/

PRADA POSTCARDS

Biarritz completa Paris, Milão projecta-se em Forte dei Marmi, Montauk é um reflexo suave de Manhattan. De Londres para Cornwall, de Lisboa para Setúbal, de Los Angeles para Santa Monica. As cidades "Resort" podem ser recatadas, mas são essenciais para equilibrar a seriedade das grandes metrópoles e o cenário ideal para mandar os tradicionais postais com mensagens aos amigos.

Inspirada neste conceito, a marca Prada apresenta a linha de óculos de sol Postcards, inspirada no espírito e estilo de 6 cidades do mundo e nos seus destinos de férias mais apreciados: Lisboa e Setúbal, London e Cornwall, Los Angeles e Santa Monica, Manhattan e Montauk, Milão e Forte dei Marmi, Paris e Biarritz. Os óculos Postcard captam o outro lado das metrópoles e as pessoas em que nos transformamos quando a cidade desaparece atrás de nós e o mar brilhante aparece à distância.

A colecção segue as tendências da estação e está em sintonia com a restante colecção Primavera/Verão 2010 de Miuccia Prada, bastante colorida e lúdica. As armações são de estilo retro, em resina com lentes fumê.

Veja o vídeo promocional em baixo.