terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

JOSÉ DE ALMADA NEGREIROS: UMA MANEIRA DE SER MODERNO




Cerca de 25 anos após a última grande exposição dedicada a Almada Negreiros (1893-1970), a Fundação Calouste Gulbenkian apresenta “José de Almada Negreiros: Uma maneira de ser moderno”, uma ampla retrospetiva que reúne mais de quatrocentos trabalhos, muitos deles inéditos, propondo um olhar inovador sobre a importância do artista na história do modernismo português.

Patente ao público até 5 de junho na Galeria Principal da Fundação Calouste Gulbenkian, a exposição está organizada em sete núcleos temáticos que refletem as diferentes facetas do processo de trabalho artístico de Almada Negreiros.

LER MAIS >


Sem comentários: