sexta-feira, 11 de março de 2011

KATTY XIOMARA


COLECÇÃO INVERNO 2012

DOWNLOAD PRESS RELEASE >



EM CONVERSA COM KATTY XIOMARA

Daily ModaLisboa - Qual a importância da ModaLisboa para a divulgação e desenvolvimento do trabalho dos Criadores de Moda Portugueses, ao longo dos últimos 20 anos?
Katty Xiomara - É o nosso meio de divulgação mais directo, é um acontecimento que todos esperam e ao que todos gostariam de poder assistir, tornou-se um ponto marcante do início de época.


- De todas as edições da ModaLisboa em que participou, destaque:

- A edição mais memorável?

A minha primeira vez! A 8ª edição.

- O melhor tema?
“Total Fantasy” da 17ª edição, a imagem ficou muito bem coordenada, com a representação dos espaços e todo o material gráfico.

- O melhor local?
O melhor para mim foi o Armazém Terlis. É amplo e confortável, tanto nas áreas de trabalho como na zona dos desfiles. Também gostei muito do Museu de História Natural, embora não fosse tão confortável, mas a localização era perfeita, bem no centro da cidade.

- A melhor passerelle?
A passerelle preta da 26ª edição “Black” e a passerelle com parede preta da 28ª edição “Play”. O preto funcionou muito bem com as cores das colecções inclusive com as peças pretas.

- A melhor colecção que apresentou?
Eu acredito na evolução, e acho que a última é sempre a melhor, mas lembro com muito carinho a colecção de Inverno 2007/2008 “Cinemascope”.

- A situação / experiência mais curiosa que viveu?
Todas as edições têm situações especiais, umas por que nos fazem lembram ocasiões pessoais boas e menos boas e outras porque nos encheram de trabalho “alegre”, mas a 21ª edição em que tive de percorrer a passerelle com uma grande barriga foi muito peculiar, pois poucos dias depois nasceu a Noa…

- O que mudou no seu trabalho ao longo das várias edições?
Sinto que o meu trabalho tem evoluído, está tão autêntico como no início mas com a mais-valia da experiência dada pelos ”tropeções” e a confiança dada pelos bons momentos.


- Que mensagem gostaria de deixar à ModaLisboa neste 20º aniversário?
Crescer é sinónimo de aprendizagem, e portanto de experiência, podemos falar dum evento com história, pois muitas histórias poderão ser contadas, podemos falar dum evento com identidade, mas ainda não podemos falar de um evento com maturidade, este adjectivo só pode ser aplicado aos experientes de 3ª idade e nós ainda temos muito para dar. 20 anos é um percurso não um limiar, sempre em frente pessoal! Parabéns!

- Fale-nos um pouco da colecção que vai apresentar nesta edição comemorativa.
O nome da colecção é Ilusão no sentido lato do optimismo e da fantasia, ironicamente fundamentado no semblante do Ilusionista, transmitindo o encanto elegante da figura dum mágico no início do século, todos os clichés são arguciosamente abordados nesta atmosfera fantástica, decadentemente elegante, e descontroladamente austera que contornam esta figura e a época do seu apogeu. A ilusão do brilho é transmitido em padrões de estrelas e materiais cintilantes, a magia resulta das transparências e sobreposições, vemos a decadência nas rendas e nas cores envelhecidas e a austeridade nos padrões masculinos. Preto, malva, azul noite, cinza pó e falso branco, são as cores que pintam o cenário.

“Ilusion is the first of all pleasures” - Oscar Wilde



DESFILE

Sem comentários: