quarta-feira, 14 de outubro de 2015

MODALISBOA THE TIMERS | REPORT




O tempo foge. Mas os Timers permanecem como protagonistas deste tempo que foi o nosso palco durante três dias em Lisboa.

Mais de 20 mil visitantes transformaram o cenário capital do Pátio da Galé e da Praça do Município para nele intervir como do-ers e now-ers, intérpretes livres da moda que se faz e da arte que nos dignifica hoje, agora – e para sempre.

ModaLisboa The Timers abriu com Fast Talks, dia 8 de outubro, inaugurou os desfiles com Sangue Novo, no dia 9 de outubro, e fechou com a performance de Dino Alves no Teatro São Luiz, a 11 de outubro.

Ao todo foram 22 desfiles, 10 novos designers Sangue Novo, com cobertura e acompanhamento de 400 jornalistas, 100 deles internacionais. O Wonder Room, no espaço BPI, deu a conhecer vinte marcas nacionais que são referências de assinatura em design e moda.

Pela primeira vez os talentos Sangue Novo a concurso na ModaLisboa foram classificados por um júri composto pelos designers Paulo Cássio e Nuno Gama, pela diretora do Master in Fashion Design da Domus Academy, Sara Desimoni, e a presidente da ModaLisboa, Eduarda Abbondanza, que premiaram a coleção Teentakeover de Sara Santos, inspirada pela cultura mod britânica dos anos 60. A designer vai receber um Master Level Certificate in the Fashion Area, workshop oferecido pela academia italiana de design Domus Academy de Milão e uma bolsa no valor de 5000 euros atribuída pela Vulcano.

Ainda no Sangue Novo, a designer Tânia Nicole, com a coleção Individuality, foi convidada a representar Portugal na próxima edição do Festival FashionClash, a decorrer na cidade holandesa de Maastricht, em junho de 2016.

E é em 2016 que nos voltamos a encontrar. No tempo que entretanto fizermos nosso. Para voltar a pensar o tempo que nos interessa continuar a fazer e a viver.

“São eles – perdão, somos nós! – que podemos recuperar este tempo real, autêntico, cristalino que interessa preservar, para que um dia, no futuro, possamos olhar para ele como o espelho do talento que existiu, da energia que tivemos, e das testemunhas que fomos. Nós somos os The Timers, o nosso tempo é hoje, o nosso património está aqui, desfila à nossa frente, senta-se ao nosso lado, sempre discreto ao fundo, ou mais ostensivo ali, ele é a representação do mundo real, e não apenas do que deseja ser. Pode não ser perfeito, mas é livre.”
(Eduarda Abbondanza)


MODALISBOA THE TIMERS
09.10.11 OUTUBRO 2015
PÁTIO DA GALÉ . PRAÇA DO MUNICÍPIO
SS 16


Apresentação oficial das Coleções dos Criadores Portugueses.
Uma organização conjunta da Câmara Municipal de Lisboa e da Associação ModaLisboa.

Sem comentários: