sexta-feira, 27 de agosto de 2010

EXPOSIÇÃO INEZ VAN LAMSWEERDE E VINOODH MATADIN EM AMESTERDÃO

Inez van Lamsweerde e Vinoodh Matadin não gostam de jogar pelo seguro. Os fotógrafos holandeses foram dos primeiros a explorar a manipulação digital quando o Photoshop estava ainda no seu começo na década de 1990, distorcendo partes do corpo e manipulando fundos. Até 15 de Setembro, o Foam Fotografiemuseum, em Amesterdão, apresenta “Pretty much Everything”, uma exposição que reúne 300 imagens representativas da vasta obra da dupla holandesa, que oscila entre o horror e a beleza, o subtil e o grotesco.

Inez van Lamsweerde e Vinoodh Matadin juntaram-se em meados da década de 1980 e as suas carreiras irromperam em 1994, quando fotografaram 10 páginas para a revista The Face. Pela primeira vez na fotografia de moda, as modelos e os fundos foram fotografados separadamente e combinados numa única imagem através do computador. Esta brincadeira com a realidade simboliza o trabalho de Inez van Lamsweerde e Vinoodh Matadin, que sempre subverteu e simultaneamente celebrou a moda.

Em exibição estão algumas das suas icónicas fotografias pessoais, como like “Me Kissing Vinoodh (passionately)”, uma série de campanhas para as marcas Chanel, Gucci, Louis Vuitton, Balmain e Chloé, e as suas colaborações com artistas como o escultor Eugene van Lamsweerde e o grupo de teatro Mug Met De Gouden Tand.

Sem comentários: