terça-feira, 10 de abril de 2012

RAF SIMONS ASSUME DIREÇÃO ARTÍSTICA DA CASA DIOR

Desde a saída de John Galliano da casa Dior, surgiram vários rumores sobre quem iria substituir o designer, até então insubstituível. Depois de nos últimos meses terem sido apontados como os favoritos Marc Jacobs, da Louis Vuitton, e Alber Elbaz, da Lanvin, a especulação chega agora ao fim. O escolhido para assumir o cargo de diretor artístico da casa parisiense é o designer de moda belga, Raf Simons.

Após sete anos na direção artística da Jil Sander, Raf Simons anunciou a sua saída em fevereiro passado, aquando da apresentação da sua última coleção para a casa, na Semana de Moda de Milão. Eleito pela Dior para suceder a John Galliano, o designer belga depara-se agora com as inevitáveis comparações com o seu antecessor. Raf Simons distingue-se por um estilo minimalista e futurista, oposto ao de Galliano. "Raf Simons vai inspirar e impulsionar no século XXI o estilo que Dior lançou na abertura da sua casa e que mudou, desde a sua primeira coleção, os padrões da elegância mundial”, lê-se no comunicado de imprensa divulgado pelo grupo Moët Henessy Louis Vuitton (LVMH), detentor da Dior.

Responsável pelas linhas de Alta Costura, pronto-a-vestir e acessórios de senhora, Raf Simons vai iniciar já as suas funções, apresentando a sua primeira coleção no próximo mês de julho, na Semana de Alta Costura de Paris. Para o designer belga, a Dior simboliza “o máximo em elegância e requinte”, sendo por isso um motivo de grande alegria ter sido o escolhido. “É uma honra tornar-me diretor artístico da casa francesa mais famosa do mundo”, afirmou.

Sem comentários: