segunda-feira, 12 de novembro de 2012

NICOLAS GHESQUIÈRE DEIXA BALENCIAGA


Após quinze anos como diretor criativo, Nicolas Ghesquière despede-se, no próximo dia 30 de novembro, da casa moda fundada em 1937 por Cristóbal Balenciaga.

Desde que assumiu a direção criativa da Balenciaga em 1997, Nicolas Ghesquière não parou de acumular êxitos. Revitalizou uma empresa que estava estagnada, ditou tendências e mudou o decurso da moda. "Com um talento criativo incomparável, Nicolas Ghesquière deu à Balenciaga uma contribuição artística essencial… Obrigado Nicolas por devolver os valores e a criatividade à Cristóbal Balenciaga", afirmou François-Henri Pinault, presidente do grupo PPR (Pinault-Printemps-Redoute), detentor da Balenciaga.

O comunicado da saída de Nicolas Ghesquière surpreendeu o mundo da moda, especialmente depois da aclamada coleção primavera / verão 2013 apresentada em Paris, em setembro passado (ver vídeo abaixo). Correm rumores de que tenha sido o próprio designer a decidir partir, talvez para fundar a sua própria marca, ou para assumir a direção criativa de outra casa de luxo.

Além do próximo destino de Ghesquière, nos meios especializados surge a pergunta inevitável: Quem ocupará o trono deixado vago pelo designer francês? Quem será capaz de o superar e de manter o nível de criatividade e de ousadia que carateriza a Balenciaga há vários anos?

Isabel Guichot, CEO da Balenciaga, confirmou que existe uma pequena lista de potenciais candidatos. Embora ainda não estejam confirmados, os nomes que mais se repetem são: Alexander Wang, Joseph Altuzarra, Bouchra Jarrar e Christopher Kane. Resta-nos esperar pela confirmação.



Sem comentários: