quarta-feira, 21 de novembro de 2012

RETROSPETIVA DE JULIÃO SARMENTO NO MUSEU DE SERRALVES


“Julião Sarmento: Noites Brancas”. A mais completa exposição retrospetiva do trabalho de Julião Sarmento (Lisboa, 1948) realizada até agora inaugura na próxima sexta-feira, 23 de novembro, no Museu de Arte Contemporânea de Serralves. Mais de 150 obras produzidas pelo reconhecido artista contemporâneo português entre os anos 70 e os dias de hoje estarão em exibição até 3 de março de 2013.

Julião Sarmento explora temas como o erotismo e a sexualidade, questionando conceitos como o desejo, a ausência, o tempo e a linguagem, através de diferentes técnicas como a pintura, o desenho, a escultura, a instalação, o cinema, a fotografia e a performance. Na noite da inauguração, com início às 23h00, o artista apresentará um conjunto de performances especificamente concebidas para a ocasião, que fazem parte integrante da exposição e serão interpretadas na Casa de Serralves por figuras conhecidas das áreas da moda, da dança e de outras artes performativas.

A exposição é comissariada pelo diretor do museu, João Fernandes, e pelo curador inglês James Lingwood e será acompanhada por uma publicação monográfica sobre a obra do artista, co-editada com editora alemã Hatje Cantz.

Julião Sarmento é um dos artistas portugueses mais conhecidos e internacionais da sua geração. Na última década, a sua obra já foi exposta em museus tão importantes como a Tate Modern, em Londres; a Pinacoteca do Estado de São Paulo, no Brasil; a Fundación Marcelino Botín, em Espanha; o Van Abbemuseum, na Holanda; ou o Museu Nacional Centro Reina Sofía, em Madrid.

Sem comentários: