segunda-feira, 13 de julho de 2015

EXPOSIÇÃO DE AZZEDINE ALAÏA NA GALLERIA BORGHESE DE ROMA


Moda e escultura juntam-se na exposição “Couture/Sculpture: Azzedine Alaïa in the History of Fashion”, que está patente na Galleria Borghese, em Roma, até 25 de outubro. 65 looks icónicos do criador de moda franco-tunisiano, Azzedine Alaïa, estão em exibição lado a lado com esculturas de grandes artistas como Lorenzo Bernini e Antonio Canova.

O trabalho de Azzedine Alaïa é tão sofisticado que muitas das suas criações lembram verdadeiras esculturas. Não é por acaso que a exposição se intitula “Couture/Sculpture”. A Galleria Borghese expõe obras de grandes escultores e pintores, que através dos tempos procuraram exaltar o corpo humano com a sua arte. Um objetivo partilhado por Azzedine Alaïa, que, desde a fundação da sua casa homónima em 1981, enaltece o corpo feminino com as suas criações escultóricas e orgânicas.

Azzedine Alaïa, nascido em 1940, chegou a estudar escultura quando era jovem, na École des Beaux-Arts, em Tunes. Em 1957, mudou-se para Paris, onde trabalhou como assistente de Christian Dior, Guy Laroche e Thierry Mugler, antes de abrir o seu próprio atelier. Ganhou notoriedade mundial na década de 1980 ao vestir celebridades como Grace Jones, Tina Turner, Madonna, Janet Jackson e Naomi Campbell.

Sem comentários: