segunda-feira, 10 de março de 2008

EDUARDA ABBONDANZA FAZ UM BALANÇO DE 30 EDIÇÕES DE MODALISBOA

Que balanço faz destas 30 edições?
30 Edições, muitas memórias. A memória está sempre associada aos locais e portanto não posso deixar de referir o São Luiz, como início de tudo isto, o Museu de História Natural, o Museu da Electricidade. O Armazém Terlis, sem dúvida nenhuma, porque pela primeira vez tivemos um espaço onde trabalhámos durante várias edições, o que permitiu uma grande profissionalização das equipas dentro desse mesmo espaço, era um local muito generoso para as necessidades que nós temos. Depois a Cidadela de Cascais e desta vez o Casino Estoril.

Projectos para o futuro?
Acho que neste momento está concluída mais uma fase da ModaLisboa. A sua fase de missão está quase completa e portanto permite-nos questionar como será o futuro. Do meu ponto de vista, acho que, estando quase terminada a missão, vem aí a parte empresarial para a própria ModaLisboa. E visto que nós temos sido um pontapé de saída para tanta coisa, acredito que quando iniciarmos a nossa parte empresarial ela vai ter resultados e inevitavelmente consequências no desenvolvimento empresarial dos próprios criadores. Ainda não sei como, mas a minha intuição diz-me que sim.

2 comentários:

Anónimo disse...

Portugal tem muito bom pronto-a-vestir...
Tendências é uma coisa mais de Paris e Milão... e é também ai que se cria a génese de um "fashion system". De qualquer forma parabéns a todos em especial ao Buchinho e à Alexandra Moura para mim os mais criativos.

Anónimo disse...

Parabéns a esta grande organização. Este evento demonstra que não é só em Milão, Paris, etc que se mostra Moda. Adorei ver alguns desfiles em especial o do Senhor Miguel Vieira, pois transmite-me coerência e principalmente ele faz uma osmose com a arte e Moda. Parabéns estava tudo muito bom.

João Pedro