terça-feira, 1 de abril de 2014

LIVRO-RETROSPETIVA DE ANN DEMEULEMEESTER

Ann Demeulemeester chocou o mundo da moda quando, em novembro de 2013, decidiu deixar a sua marca homónima. Num comunicado escrito à mão, a designer alegou que “uma nova era chegou para todos. A marca agora tem a sua própria identidade e vai continuar a crescer sem mim.” Sem muitos detalhes, Ann Demeulemeester não chegou a informar quem a iria substituir na direção criativa, nem especificou o que iria fazer a partir de então. As novidades chegam agora: a designer belga prepara-se para lançar um livro-retrospetiva da sua carreira, onde reunirá cerca de mil fotografias que revelam detalhes do trabalho na sua marca. Prevê-se que o livro chegue às livrarias em outubro de 2014, pela editora Rizzoli New York. O prefácio é de Patti Smith, musa da designer, que descreve a obra como “uma retrospetiva tão profissional como pessoal do trabalho e dos processos de Ann, uma das designers mais influentes e inspiradoras do nosso tempo”.

Ann Demeulemeester começou a sua carreira nos anos 1980. A empresa foi fundada em 1985 pela designer e o marido, Patrick Robyn, e ficou conhecida através do Antuerp Six, um grupo de designers belgas, incluindo Ann e Dries van Noten, que atraiu a atenção do mundo da moda. Ann Demeulemeester mudou-se de Amberes para Paris, onde começou a apresentar as suas coleções e conquistou uma enorme legião de fãs. Em 1994, a também belga Anne Chapelle assumiu a direção administrativa da empresa, com Ann Demeulemeester na direção criativa. Em 2005, Chapelle tornou-se a sócia majoritária da marca e no final de 2013 Ann Demeulemeester anunciou a sua saída.

Sem comentários: