terça-feira, 13 de janeiro de 2009

PAPER FASHION


















A febre por roupas descartáveis, feitas de papel, constituiu um breve, porém entusiástico momento na história da moda. Os vestidos de papel apareceram pela primeira vez nos EUA em 1966, para promover os produtos de uma grande empresa de papel, e rapidamente passaram para as mãos de designers e casas de moda, transformando-se numa expressão da cultura Pop dos anos 60.

Até ao próximo dia 2 de Fevereiro, o Musée d’Art Moderne Grand-Duc Jean (Mudam), no Luxemburgo, apresenta “RRRIPP!! Paper Fashion”, uma exposição que retrata o fenómeno do vestuário de papel, largamente difundido nos Estados Unidos no final da década de 60, mas pouco conhecido do público em geral. A exposição foi concebida pela ATOPOS - organização cultural de Atenas, Grécia, que visa desenvolver novas tecnologias para a moda, design e arte contemporânea - proprietária da maior colecção de roupa feita de papel do mundo. A colecção inclui actualmente cerca de 300 peças originais e tornou-se uma fonte de inspiração para novas criações. Vassilis Zidianakis, curador da exposição e director da ATOPOS, pediu a novos designers e artistas que criassem novas peças inspiradas nela.

Em exibição estão mais de 200 artigos vindo de vários institutos internacionais, como a Issey Miyake Foundation de Tóquio, o Brooklyn Museum de Nova Iorque, e o Fashion Museum de Antuérpia. Além de vestidos originais dos anos 60, como o “Fragile dress”, de Andy Warhol, também é possível ver um vestido branco pintado pelo célebre cenógrafo Bob Wilson, um casaco japonês do século XVIII, coletes de papel usados pelos prisioneiros de guerra franceses e belgas durante a Segunda Guerra Mundial, assim como criações recentes e alguns vídeos de alguns dos mais inovadores designers de moda e artistas como: Jum Nakao, Junya Watanabe, Christian Dior, John Galliano, Hussein Chalayan, Sophia Kokosalaki, Michael Cepress, Martin Margiela, Yiorgos Eleftheriades, Johanna Trudzinski, Bas Kosters, Angelos Bratis, Deux Hommes, Marcus Tomlinson, entre outros.

Depois de Luxemburgo, “RRRIPP!! Paper Fashion” viajará para Londres, Antuérpia e Atenas.

Sem comentários: