terça-feira, 6 de dezembro de 2011

"MUDANÇA DE PARADIGMA"

"Mudança de Paradigma" é a primeira grande exposição da colecção do Museu de Arte Contemporânea – Fundação Serralves a ter lugar num museu espanhol. Até 8 de Janeiro de 2012, estão em exibição no MUSAC (Museo de Arte Contemporáneo de Castilla y León) mais de 80 obras de 62 artistas contemporâneos, provenientes da maior colecção de arte contemporânea portuguesa, que incidem sobre as décadas de 1960 e 1970, um período de profundas alterações na linguagem artística que conduziu ao novo contemporâneo.

Em meados dos anos 1960, num contexto de mudança social e política, assistiu-se a uma revolução na prática artística, tanto a nível da forma como do conteúdo. O conceito de criação artística de “vanguarda” foi alargado e a condição de objecto de arte redefinido como uma interacção com a vida e uma crítica da autonomia, da essência e da natureza introspectiva da arte, traduzida em experiências minimalistas. Nessa mudança de paradigma, deu-se uma intersecção de linguagens formais, sendo o cinema, o vídeo, a fotografia e o texto usados como plataformas para projectos conceptuais.

A exposição mostra ainda a convergência entre as obras de uma nova geração de artistas portugueses que surgiu durante este período e de vários artistas de todo o mundo, bem como entre as novas linguagens, formas e atitudes a que deram origem.


MUSAC (Museo de Arte Contemporáneo de Castilla y León)

Av. da. de los Reyes Leoneses, 24

24008 León – Spain

Sem comentários: