terça-feira, 24 de setembro de 2013

CAM APRESENTA “SOB O SIGNO DE AMADEO. UM SÉCULO DE ARTE”


No ano em que comemora o trigésimo aniversário da sua abertura ao público, o Centro de Arte Moderna (CAM) da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, apresenta o melhor da sua coleção, numa grande mostra intitulada “Sob o Signo de Amadeo. Um Século de Arte”.

A exposição reúne uma vasta e criteriosa seleção de obras - de 1910 até à atualidade - daquela que é considerada a mais significativa coleção de arte portuguesa do século XX e estará em exibição até ao dia 19 de janeiro de 2014, em todas as salas do Centro de Arte Moderna. Pela primeira vez é apresentado o acervo completo de Amadeo de Souza-Cardoso, o grande pioneiro do modernismo em Portugal e uma das grandes referências da Arte do século XX.

“Sob o Signo de Amadeo. Um Século de Arte”. Uma exposição imperdível para os amantes da arte.

FOTOS:

1 - Sem título (Clown, Cavalo, Salamandra), c. 1911-12
Coleção do CAM/FCG
Amadeo de Souza-Cardoso

2 - Figurino para o bailado “A Princesa dos Sapatos de Ferro”, 1918
Coleção do CAM/FCG
José de Almada Negreiros (1893-1970)

3 - O Menino Imperativo, 1952
Coleção do CAM/FCG
Marcelino Vespeira




Sem comentários: