sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

MOMA DE NOVA IORQUE CELEBRA O CENTENÁRIO DA ABSTRAÇÃO


Em 1912, em muitas cidades europeias, vários artistas - Vasily Kandinsky, Frantisek Kupka, Francis Picabia e Robert Delaunay – apresentaram ao público as primeiras pinturas abstratas. Para celebrar o centenário da abstração, o Museum of Modern Art (MoMa), em Nova Iorque, apresenta uma grande exposição, intitulada “Inventing Abstraction, 1910–25”, que mostra como esta prática artística se desenvolveu através de uma network de artistas modernos, de Marsden Hartley e Marcel Duchamp a Piet Mondrian e Malevich Kazimir. Patente entre 23 de dezembro de 2012 e 15 de abril de 2013, a mostra explora também as relações entre os artistas plásticos e os compositores, dançarinos e poetas que estabeleceram uma linguagem nova e moderna para as artes.

“Inventing Abstraction, 1910–25” reúne mais de 400 das obras mais influentes da história da abstração e abrange diversos meios artísticos, incluindo pinturas, desenhos, livros, esculturas, filmes, fotografias, poemas e peças de dança, que representam o momento decisivo em que a arte tradicional foi totalmente reinventada.

Foto: František Kupka. Localization of Graphic Motifs II. 1912–13.

Sem comentários: