segunda-feira, 29 de abril de 2013

LOUIS VUITTON LANÇA NOVA NOÉ BB


A Noé é, em termos cronológicos, a segunda mais antiga carteira de uso quotidiano da Louis Vuitton e também uma das mais emblemáticas. A sua criação coincidiu com o início de uma década excecional que assistiu ao aparecimento de outras carteiras de sucesso como a Speedy ou a Alma.

A história começou em 1932, quando, à procura de uma forma de transportar os seus valiosos vintages, um produtor de champanhe fez uma encomenda especial a Gaston-Louis Vuitton. Este desenhou uma mala simples e intemporal em forma de balde, que era capaz de transportar quatro garrafas em pé e uma quinta de cabeça para baixo, e que se fechava com um flexível cordão em pele. Chamou-lhe Noé, em referência, segundo se diz, ao herói bíblico que, quando deixou a Arca depois da inundação, plantou videiras no Monte Ararat.

A Noé original foi fabricada em pele natural, de um dourado claro semelhante ao champanhe que tinha como missão transportar. Desde então, foi reproduzida nas mais variadas cores e telas como a emblemática Monogram, a Damier Azur ou a colorida pele Epi.

Agora, oitenta e um anos depois, a Louis Vuitton lança a Noé BB. Uma atraente e contemporânea réplica de dimensões mais reduzidas do que a Noé original e com uma alça de ombro mais longa que permite que seja usada a tiracolo. Em tela Monogram ou Damier Azur e na brilhante e colorida Epi, a Noé BB está apenas à espera de ser descoberta por uma nova geração.

Irá um dia, tal como a original, passar de mãe para filha, com o seu distinto cordão como símbolo de um perdurável elo de elegância?



Sem comentários: