segunda-feira, 28 de abril de 2008

MELISSAS COM ASSINATURA VIVIENNE WESTWOOD

“Os sapatos devem ter saltos muito altos e plataformas para colocar a beleza da mulher num pedestal”. A frase é da autoria da designer inglesa Vivienne Westwood, que se associou recentemente à conhecida marca de calçado brasileira, Melissa, para criar uma mini colecção para o Inverno 08/09, intitulada “Melissa Vivienne Westwood Anglomania”. A rainha da moda punk assina dois modelos de sapatos em PVC, que combinam irreverência e classicismo. Com inspiração retro, biqueira arredondada e salto alto, o primeiro modelo, Mary Jane, é uma versão em plástico das suas famosas sandálias em couro e está disponível em cores vibrantes como vermelho, fuschia, azul marinho e verde, além dos clássicos bege, preto e branco. O segundo modelo, as sabrinas Ultragirl customizadas, apresentam duas versões: flocada em veludo com o forro xadrez ou em plástico brilhante com o forro floral.

Nos produtos é aplicado o ORD, símbolo da marca Anglomania, que sintetiza a essência da etiqueta de Vivienne Westwood: a coroa, símbolo do poder e tradição envolta pela órbita de um satélite que remete ao futuro.

É a primeira vez que Vivienne Westwood trabalha para uma empresa brasileira, reconhecida pela celebração e democratização do design. "O que mais me entusiasmou nesse projecto com a Melissa foi poder criar produtos modernos, de altíssima qualidade e preços acessíveis", declarou a designer. Para Paulo Pedó, gerente da Operação Melissa, a parceria com Vivienne Westwood é o encontro de duas marcas com valores muito próximos. "É um grande orgulho e uma honra fazer parte da história de um trabalho tão influente como o de Vivienne que, na sua essência, tem uma sinergia muito grande com todo o discurso de irreverência, inovação e conteúdo que a Melissa solidificou durante toda a sua trajectória".

A Melissa traz, assim, a irreverência de Vivienne Westwood aos nossos pés. A próxima artista convidada da marca brasileira deverá ser a arquitecta iraquiana Zaha Hadid.



MELISSA

Melissa tem sido sinónimo de inovação desde a sua criação, nos anos 70. Tudo começou quando os irmãos Pedro e Alexandre Grendene, que criavam embalagens para garrafas de vinho, se inspiraram nas sandálias de plástico usadas pelos pescadores da Riviera francesa para criar sapatos com estilo. A novidade tornou-se imediatamente um enorme sucesso no mercado brasileiro e um ícone de moda, transformando a Grendene numa das maiores empresas de calçado do mundo.

Durante toda a sua história, a Melissa comunicou sempre com um público jovem. Hoje transmite a mensagem de um público moderno e está permanentemente ligada às últimas tendências. Exercitando a sua eterna capacidade de se reinventar, em 1999 a Melissa deu início a um processo de recriação de imagem. Grendene investe numa transformação global, que inclui colecções especiais idealizadas por representantes do design internacional, como Jaqueline Jocobson, Jean Paul Gautier, Patrick Cox, Stephanie Kelian, Thierry Mugler e J. Maskrey. Hoje, continua a investir em parcerias, lançando novos modelos em colaboração com designers famosos, como os brasileiros Alexandre Herchcovitch e os irmãos Campana, a stylist inglesa Judy Blame, e agora a irreverente Vivienne Westwood.

Vendidos em concept stores da Europa, Estados Unidos, México, Japão, Austrália e Argentina, os modernos sapatos de plástico tornaram-se um verdadeiro objecto de desejo em todo o mundo e o nome Melissa tornou-se conhecido como um símbolo de design único.



VIVIENNE WESTWOOD

Vivienne Westwood nasceu em Abril de 1941, em Derbyshire. Aos 17 anos mudou-se para Londres, onde trabalhou como professora. Do seu primeiro casamento, com Derek Westwood, herdou o apelido que mantém até hoje. Mas foi na década de 70, ao lado de Malcom McLaren, que os seus talentos criativos começaram realmente a ser notados. A loja que o casal abriu no número 430 da King's Road, em Londres, que vendia produtos relacionados ao rock, como discos, roupas e tudo que propagasse um revivalismo da época de Elvis Presley, foi o ponto de partida de toda a sua trajectória. Em 1976, Vivienne Westwood mudou a moda para sempre, ao vestir a icónica banda punk rock, Sex Pistols. Vivienne Westwood tornou-se, assim, a rainha da moda punk.

Na década de 80, o new wave e o new romantic apareceram nas colecções da designer, que apresenta, em 1982, a colecção "Nostalgia of mud" em Paris, sendo a primeira inglesa a desfilar na passerelle francesa desde Mary Quant. No final da década, a designer inicia a sua pesquisa nos cortes do século XVII e XVIII e a mistura com a alfaiataria marcou as suas criações dali para a frente. Nos anos 90, a influência da tradição britânica surge com mais força no seu trabalho, quando o famoso xadrez aparece na colecção Anglomania.

Vivienne Westwood continua a ser um dos nomes mais influentes da moda mundial, apresentando as suas colecções em Paris, Londres e Milão. O seu estilo irreverente, ousado e ao mesmo tempo elegante conquistou o mundo, sendo as suas criações revendidas para países como China, França, Hong Kong, Itália, Japão, Coreia, Rússia, Taiwan e Estados Unidos. O seu império divide-se em 4 marcas: Gold Label, Red Label, Man e Anglomania.

2 comentários:

AnaAtlantis disse...

Por onde andam os fabricantes Portugueses de calçado? Seria tão dificil conseguir uma parceria destas?
Temos qualidade,temos profissionais,então porque não agir?
Vivienne é um must.Super criativa até nos óculos,diferentes em tudo.

Caroline Macedo disse...

Será que vai ter um modelo Westood infantil??? (rs)