segunda-feira, 14 de setembro de 2009

EFEITO D - DESIGN ALIADO À ACÇÃO SOCIAL

A efeito D é uma nova marca de peças de design, diferente de todas as outras. Diferente porquê? Porque se inspira em pessoas diferentes, com Síndrome de Down, e mais do que aceitar essa diferença, valoriza-a.

Síndrome de Down ou Trissomia 21 é um distúrbio causado pela presença de um cromossoma 21 extra no código genético do ser humano. Esta ligeira alteração genética cria pessoas diferentes das outras, assim como uma pequena alteração no código da palavra defeito encontra uma materialização nova, positiva e inspiradora. Defeito torna-se efeito D.

Assumindo o design como ferramenta capaz de reproduzir esta distinção, a efeito D - um projecto da BBDO Portugal, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian e co-produzido em pro-bono com a Experimenta Design - desafiou designers portugueses e estrangeiros a projectar objectos que incorporassem no seu código genético uma diferença que os tornasse únicos, originais e atractivos para os consumidores.

Além de dar uma maior visibilidade a esta causa, a marca tem como objectivo criar uma fonte de rendimento capaz de financiar as actividades do Centro de Desenvolvimento Infantil DIFERENÇAS, especialmente vocacionado para tratar crianças com Trissomia 21 e todo o tipo de perturbações do desenvolvimento.

O projecto efeito D foi lançado oficialmente no passado sábado, 12 Setembro, no âmbito da Experimenta Design 09, com uma exposição na Fundação Calouste Gulbenkian, onde estão expostas as peças dos designers portugueses convidados - Alexandre Viana; Alves Gonçalves; Fernando Brízio; Henrique Ralheta; Miguel Vieira Baptista; Naulíla Luís; Pedro Silva Dias; Rui Sampaio de Faria – assim como as criações de designers estrangeiros que vêm contribuir para a internacionalização do projecto - Clemens Weisshaar (DE); Ed Annink (NL); Marti Guixé (ES); Martín Azúa (ES); Mats Theselius (SE); Maxim Velčovsky (CZ); Richard Hutten (NL); Robert Stadler (FR); Satyendra Pakhalé (NL); Studio Makkink & Bey (NL); Uwe Fischer (DE). A exposição está patente ao público até ao dia 9 de Outubro, de terça a domingo, das 10h00 às 18h00.

As receitas desta acção revertem 100% a favor do Centro DIFERENÇAS, que acompanha actualmente mais de 9.000 crianças em todo o país e apoia cerca de 1.200 pessoas com Trissomia 21. O projecto arrancará comercialmente em 2010.

Mais informações: info@efeitod.pt

Sem comentários: