segunda-feira, 13 de abril de 2009

'CASA NO GERÊS' GALARDOADA INTERNACIONALMENTE

O projecto 'Casa no Gerês', da autoria dos arquitectos Graça Correia e Roberto Ragazzi foi galardoado, nos Estados Unidos, com o 2008 International Design Award, na categoria Arquitectura - New Residential Building, e será incluído no 2008 International Design Award Art Book. O primeiro projecto que Graça Correia desenvolveu com o seu novo sócio italiano Roberto Ragazzi, foi também galardoado em Israel com o AI Quarterly, o prémio mais considerado no país.

Os proprietários da casa, Micé e Eduardo Pinto Ferreira, são clientes de Graça Correia há mais de uma década e deram-lhe total liberdade para criar a casa dos seus sonhos num terreno de 5000 m2, desde que esta fosse feita em betão e que nenhuma árvore fosse cortada.

A casa resultante deste desafio, intitulada simplesmente 'Casa no Gerês', pode provocar reacções contraditórias, mas é um bom exemplo de como a arquitectura pode integrar delicadamente a natureza. O uso generoso de vidro reflecte a imagem da flora e diminui a presença da construção dentro da paisagem natural. Uma vez que a casa é semi-enterrada, a sua aparência é encoberta quando vista a partir do parque Peneda-Gerês. Do rio, ela aparece como uma moldura de vidro dissimulado na vegetação. A relação entre a casa e a ruína definiu o acesso à habitação, bem como a sua escala. A ruína tornou-se um componente da casa, para ser analisado e avaliado como qualquer outro elemento da paisagem.

O eventual choque provocado pelo exterior da habitação, que de alguns ângulos pode parece uma espécie de acidente com um contentor de transporte, desvanece-se quando olhamos para o seu interior. A simplicidade da estrutura, a extensão da vista e o equilíbrio dos elementos parecem falar a mesma linguagem que a paisagem circundante.

1 comentário:

elsacosta disse...

Boa tarde,

foi-me impossivel não comentar, no passado dia 26/7/2009, estive no Gerês e deparei-me com esta extraordinária beleza, por coincidência ao fazer uma busca na internete para alugar uma casa de férias dou de caras novamente com esta espetacular casa, eu nem queria acreditar .. "é a casa que vi no Gerês"... podendo nestas fotografias apreciar o que não foi possível do sitio onde me encontrava.

Os meus parabéns, penso que não há palavras para descrever tamanha beleza, apenas poder ter o prazer de apreciar com os olhos e imaginar como será fora de série passar uma férias num local como este, como será observar a noite quente ou fria neste local extraordinário. Pena que nunca o vou saber.

Mais uma vez parabéns ...

Elsa Costa