terça-feira, 5 de janeiro de 2010

ABSTRACÇÃO E FIGURA HUMANA EM EXPOSIÇÃO NO CAM

Uma exposição com obras das artistas Jane e Louise Wilson e a mostra “Abstracção e figuração humana” são algumas das propostas da programação do Centro de Arte Moderna CAM da Fundação Calouste Gulbenkian para este ano.

A temporada abre no próximo dia 22 de Janeiro com “Tempo Suspenso”, a maior exposição individual das gémeas britânicas Jane and Louise Wilson a nível internacional, que incluirá a sua primeira obra em filme “Hypnotic Suggestion 505” (1993), o vídeo “Songs for My Mother” (2009), assim como uma série de esculturas inéditas que jogam com a arquitectura do CAM.

A exposição, dedicada ao tema da figuração humana e da abstracção, recupera lugares vazios, áreas evacuadas sem comando, ou espaços perdidos e abandonados, transportando o público para um tempo suspenso, tanto no sentido psicológico como histórico. Um tempo suspenso entre épocas (a II Guerra Mundial e a actualidade); entre narrativas (da cinematográfica à quotidiana); entre referências artísticas (de Rodchenko a Kubrick).

“Abstracção e figura humana” é também o tema de outra exposição que inaugura a 22 de Janeiro, que apresentará uma selecção de obras da colecção de arte britânica do CAM correspondente às duas grandes linguagens artísticas que o século XX pôs em confronto, e que o século XXI faz coexistir activamente. A grande maioria das obras apresentadas foi adquirida a artistas emergentes em Londres, entre finais da década de 50 e a década de 60, num período de afirmação internacional da Grã-Bretanha, às quais se juntam outras mais recentes, compradas posteriormente e de um modo mais disperso.



Tempo Suspenso
De 22/01 a 18/04/2010
Das 10h00 às 18h00
Terça a Domingo
Centro de Arte Moderna

Abstracção e Figura Humana
De 22/01 a 18/04/2010
Das 10h00 às 18h00
Terça a domingo
Centro de Arte Moderna, piso 1

Sem comentários: