quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

MANIFESTO DIESEL

“To be stupid is … to be brave”. Esta é a máxima do novo manifesto da Diesel, que apela à bravura e espontaneidade.

A marca italiana comunica aos seus fãs que não há nada patético na estupidez, e assume que foi “suficientemente estúpida para começar a vender novos jeans que pareciam velhos”. Para a Diesel, ser estúpido “tem a ver com facto de ter a coragem de arriscar, para arrancar com o novo e inventivo, no entanto perigoso. Estupidez tem a ver com a paixão, com usar as coisas erradas no sítio certo, com trocar personagens experimentando coisas novas, falhando, tentando novamente – e falhar ainda melhor”.

Os fotógrafos Kristin Vicari, Melodie McDaniel e Chris Buck ajudaram a visualizar a rebelião positiva do movimento “Be Stupid”, produzindo imagens que, em conjunto com legendas nítidas, traduzem a filosofia da nova campanha multimédia imaginada pela Equipa Criativa da Diesel em parceria com a agência anglo-americana Anomaly. Um autocarro, quatro casas, alguns parques, um tratador de animais, o deserto, um estúdio de um artista, um bar, um elefante, um supermercado e lobos são os ingredientes da original campanha, fotografada na Califórnia. Kristin Vicari, Melodie McDaniel e Chris Buck fotografaram no topo de carrinhas e telhados, fizeram chover, conseguiram que uma cabeça se tornasse num vaso de flores e fotografaram seios publicamente, várias vezes. O clássico logótipo vermelho da Diesel foi recuperado para reforçar e celebrar o lema “Be Stupid” como um caminho para o “Successful Living”.

A Diesel apresenta, assim, a chave para uma vida de sucesso: seguir o coração e não a razão. E proclama: Viva aos estúpidos!


Sem comentários: