segunda-feira, 22 de novembro de 2010

BALENCIAGA HOMENAGEADO EM NOVA IORQUE

A exposição “Balenciaga: Spanish Master”, patente no Instituto Rainha Sofia de Nova Iorque até 19 de Fevereiro de 2011, presta homenagem a um dos criadores de moda espanhóis mais internacionais.

“Existiram dois criadores chave na história da moda: Coco Chanel, que mudou a forma de vestir das mulheres, e Balenciaga, que alterou as proporções da moda”, afirmou Oscar de la Renta, um dos promotores da exposição, durante a sua inauguração, no passado dia 19 de Novembro. “Balenciaga: Spanish Master é a primeira exposição do criador que tem em conta o impacto da sua obra na cultura, história e arte espanhola”, explicou Hamish Bowles, editor da Vogue americana, outro dos promotores da iniciativa.

Em exibição estão mais de 70 peças, incluindo alguns dos vestidos mais icónicos de Balenciaga, que permitem aproximar o lado mais tradicional e espanhol do genial criador, relacionando as suas criações com obras de pintores emblemáticos como Velazquez, Goya, Zurbarán ou Miró. Especial atenção merece também a indumentária religiosa, os trajes regionais, o esplendor das corridas de touros e o flamengo, que serviram de inspiração a muitas criações de Balenciaga.

A casa Balenciaga, em Paris, emprestou alguns dos seus modelos de arquivo para a exposição, incluindo um vestido de noite que o criador basco criou em 1939 e que chamou ‘Infanta’, por se assemelhar aos vestidos usados pelas princesas espanholas no século XVII (ver imagem). O Metropolitan Museum e o Costume Institute de Nova Iorque também cederam algumas peças, como um bolero de noite estilo toureiro com sumptuosos bordados desenhado em 1947 e um elegante vestido em seda marfim criado em 1964 e emprestado pela Hispanic Society of America.

Esta viagem pela obra do genial criador espanhol poderá ser desfrutada no Instituto Rainha Sofia de Nova Iorque até Fevereiro próximo. A exposição segue posteriormente para o Young Museum de São Francisco, onde estará patente de 26 de Março a 4 de Julho de 2011.

Sem comentários: