quinta-feira, 11 de novembro de 2010

LOUIS VUITTON E PARIS

Até 27 de Fevereiro de 2011, o Museu Carnavalet, em Paris, conta a história da casa Louis Vuitton, através da exposição "Voyage en Capitale, Louis Vuitton et Paris". Em exibição estão mais de 200 objectos, incluindo pinturas, fotografias e ilustrações, que ajudam a mostrar o papel da marca francesa, que é símbolo de elegância e de requinte, na história cultural e artística de Paris.

Louis Vuitton chegou a Paris com apenas 14 anos e tornou-se aprendiz de um famoso fabricante de baús e malas de viagem. À medida que as pessoas começaram a viajar, Louis Vuitton foi conquistando progressivamente a fama e em 1854 abriu a sua primeira loja na Rue Neuve des Capucines, perto da Place Vendome.

Com o aparecimento do automóvel e do avião, o talentoso artesão alterou a forma abaulada dos seus baús, introduzindo-lhe uma tampa plana, um forro impermeável e uma série de compartimentos para vestidos, leques, luvas e outros acessórios. Na década de 1890, o seu filho, Georges, inventou o fecho Louis Vuitton e o famoso monograma LV para diferenciar os verdadeiros baús Vuitton das inúmeras cópias que começaram a proliferar no mercado. Actualmente a Louis Vuitton possui e dirige centenas de lojas em todo o mundo. Em 1971, a marca associou-se ao grupo Moet-Hennessy e transformou-se no maior império de artigos de luxo do mundo - LVMH.

Aliar a criatividade à sua história é outra das chaves do sucesso da Louis Vuitton. Ao longo dos últimos 30 anos, a empresa diversificou consideravelmente a sua linha de produtos. Em 1983 criou a Louis Vuitton Cup e em 1998 lançou uma colecção de pronto-a-vestir sob a direcção criativa de Marc Jacobs. A popularidade das colecções do criador americano levou à produção de linhas completas de sapatos, acessórios, joalharia e relógios, que se juntaram às distintas malas e acessórios de viagem da marca, numa explosão de criatividade.

O nome Louis Vuitton foi e continuará a ser sinónimo de Luxo.

MUSÉE CARNAVALET
23, Rue de Sévigné - 75003 Paris

Sem comentários: