quarta-feira, 29 de junho de 2011

BARBIE INSPIRA CIA. MARÍTIMA

Há muito que a Barbie não é vista apenas nas prateleiras das lojas de brinquedos. A famosa boneca entrou para o mundo da moda e pode mesmo ser considerada como uma tendência.

A Barbie, que já foi vestida por grandes casas de moda como Christian Dior, Chanel, Versace ou Givenchy, e serviu de mote às colecções de vários designers e marcas, é agora a fonte de inspiração de algumas peças da nova colecção da Cia. Marítima, recentemente apresentada na semana de moda de São Paulo. Este é o resultado de uma parceria entre a conhecida marca brasileira de beachwear e a Mattel do Brasil, empresa responsável pela criação de marcas infantis que contribuem para o desenvolvimento de uma infância saudável.

As peças desta edição especial combinam a elegância associada à Barbie com a frescura e o espírito jovem de toda a nova colecção da Cia. Marítima, que antecipa as tendências para o Verão 2012. Às duas saídas de praia e aos dois biquínis - um em modelo cai-cai e outro em modelo triângulo, ambos com a parte de cima em branco e preto e palavras estampadas que remetem ao universo Barbie e com a cueca preta com o perfil da boneca em rosa - que compõem esta edição, juntam-se outros modelos inspirados pela boneca mais famosa do mundo. (ver imagens abaixo)

A semana de moda de São Paulo, realizada desde 1996, é o maior evento de moda do Brasil. Já projectou as carreiras de várias manequins brasileiras, contou com a participação nos desfiles de várias tops internacionais e foi destaque nas mais consagradas publicações de moda como a Vogue, a Elle e a Vanity Fair. Nesta edição, o desfile da Cia. Marítima contou com a participação de Isabeli Fontana, considerada um dos modelos ícone mundiais. O desfile ficou também marcado pela oferta aos convidados de uma Barbie vestida com um biquíni criado especialmente para ela pela Cia. Marítima.




A HISTÓRIA DA BONECA MAIS FAMOSA DO MUNDO

Nunca um brinquedo reflectiu tão bem o comportamento de uma época como a Barbie, uma boneca que acompanhou todas as mudanças das últimas cinco décadas. Em 50 anos de existência, a Barbie já teve mais de 100 profissões, já caracterizou várias personagens de TV, cinema e teatro e já foi vestida por grandes criadores de moda. A Barbie é um sucesso absoluto, tanto em popularidade, como em vendas. Por ano são vendidos 120 milhões de exemplares, ou seja duas Barbies por segundo.

Foi a americana Ruth Handler, esposa de Elliot Handler, fundador da Mattel, quem teve a ideia de fabricar uma boneca que permitisse trocar de roupa, ao ver a sua filha Barbara a brincar com bonecas de papel que permitiam o mesmo. Mãe de três filhos, Ruth não teve dúvidas quanto ao nome a dar à nova boneca: Barbie, o diminutivo de Barbara. Mais tarde, Ken viria a ser o seu namorado e Skipper a sua irmã. Associando-a à moda, Barbie tinha uma feição adulta, diferente das outras bonecas da época.

A Barbie foi lançada oficialmente na Feira Anual de Brinquedos de Nova Iorque, a 9 de Março de 1959. A sua imagem sempre foi a de uma top model, símbolo de sucesso, beleza e juventude. O modelo original trazia peças de roupa e acessórios que se identificavam com o universo jovem do final dos anos 50, e que podiam ser trocados: vestidos rodados, calças cigarrete, luvas, etc.

A moda dos últimos 50 anos pode ser contada através da Barbie. Nos anos 60, a boneca assumiu a imagem da típica rapariga americana, com um twin-set de lã e madeixas no cabelo. Em 1962, vestiu-se de Jacqueline Kennedy, com o famoso tailleur cor-de-rosa. Cinco anos mais tarde, surgiu Twiggy, vestida com um mini vestido e botas amarelas. Em 1968, o rosto de Barbie ganhou um aspecto mais jovem, com longas pestanas e olhos azuis. No final dessa década, a boneca apareceu com roupas floridas, estampagens psicadélicas e grandes óculos. Durante os anos 70, assumiu um visual hippie, com saias de retalhos e vestidos românticos estilo Laura Ashley. Na década de 80, inspirou-se na série Dallas, surgindo com cabelo estilo Farrah Fawcet, muito glitter e lábios vermelhos. Mangas balão e blusas transparentes faziam parte do figurino. Em 1982, a maquilhagem passou a ser obrigatória e já fazia parte dos acessórios de Barbie. As roupas alegres, a mulher de negócios, o glamour dos vestidos de cerimónia, os símbolos pop da época, como Madonna e Whitney Houston faziam parte do seu mundo nos anos 80. Na década de 90, Barbie adoptou diversos estilos: rap, roqueira, salva-vidas, médica, dentista, ginasta e super-Barbie. Ao ano 2000 chegou como uma mulher moderna, trabalhadora, munida de novos acessórios, como computador e telemóvel.

Sem comentários: