segunda-feira, 18 de junho de 2012

JOANA VASCONCELOS EXPÕE EM VERSAILLES


A artista plástica portuguesa Joana Vasconcelos é a primeira mulher e quinta artista a expor no Palácio Versailles, França, desde que o espaço abriu as suas portas à arte contemporânea. Além de peças emblemáticas como o sapato "Marilyn" e o lustre "Noiva", a exposição inclui também obras inéditas. Inspirada pela força mitológica e estética de Versailles, Joana Vasconcelos questiona noções de luxo e beleza, apresentando novos trabalhos especialmente desenhados para o Palácio.

Desde 2008 que o Palácio de Versalhes convida artistas contemporâneos a exporem no seu espaço. Jeff Koons foi o primeiro, seguiram-se Takashi Murakami, Xavier Veilhan, Bernar Venet e agora Joana Vasconcelos, que encara este desafio como um dos mais fascinantes da sua carreira. “O meu trabalho foi desenvolvido em torno da ideia de que o mundo é uma ópera, e Versailles encarna o ideal operático e estético que me inspira. As obras que eu proponho existem para este lugar. Vejo-as ligadas a Versailles de uma forma intemporal. Quando passeio pelas salas do Palácio e pelos seus jardins, sinto a energia de uma configuração que gravita entre a realidade e a fantasia, o dia-a-dia e a magia, o festivo e o trágico. Ainda posso ouvir o eco dos passos de Marie-Antoinette, o ambiente festivo e a música das salas senhoriais. Como seria a vida de Versalhes se este universo exuberante e grandioso fosse transferido para a nossa época?”, questiona a artista.

Joana Vasconcelos interpreta a mitologia de Versalhes e transporta-a para o mundo contemporâneo. A exposição está patente ao público de 19 de junho a 30 de setembro.

Sem comentários: