terça-feira, 18 de novembro de 2008

OS SURREALISTAS

Julien MacDonald, Graeme Black, Steve J / Yoni P, Bora Aksu e Manish Arora estão entre os 12 designers convidados para comemorar o 20º aniversário da morte de Salvador Dalí. Os criadores inspiraram-se em vários trabalhos do lendário pintor espanhol e deram um toque surreal a uma série de criações que serão leiloadas no próximo dia 26 de Novembro em apoio ao Fashion Targets Breast Cancer. Uma das peças mais curiosas é a da dupla Steve J / Yoni P, que se baseou na “Butterfly Landscape” de Dalí (foto em baixo), traduzindo as estruturas moleculares e as borboletas da pintura em pregas de seda manipuladas.(foto à direita)

Os lotes serão apresentados em leilão no The Dali Universe, a exposição permanente de Salvador Dalí no Southbank de Londres. A partir de 1 de Dezembro, o The Dali Universe apresentará ao público uma selecção destas criações, como parte da comemoração mundial da morte do artista.




SALVADOR DALÍ

Salvador Dalí nasceu na Catalunha, em Maio de 1904. Frequentou a Academia de Belas-Artes de Madrid de 1921 a 1926 e após os estudos instalou-se em Paris, onde se tornou membro oficial do grupo surrealista, do qual veio mais tarde a ser excluído por Breton, devido à sua simpatia pelos regimes de extrema-direita. Desta altura datam algumas das suas obras mais representativas, como "A Persistência da Memória", "O Jogo Lúgubre" e "Grande Masturbador". Em 1929 conheceu Helena Diakonova, conhecida por Gala Éluard, uma jovem russa que se tornou a sua modelo e companheira inseparável. Nesse mesmo ano, expôs as suas primeiras pinturas surrealistas.

A mistura do real com o irreal tornou-se frequente no trabalho de Salvador Dalí. O pintor elaborou um método a que chamou "crítico-paranóico", que implicava o recurso ao inconsciente, na interpretação livre de "associações delirantes". As imagens oníricas e os símbolos sexuais não impediram o público de assimilar a sua obra, que obteve um enorme sucesso, sobretudo depois da 2ª Guerra.

Em 1940, Dalí e Gala viajaram para os Estados Unidos, onde o artista apresentou a sua maior exposição, no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque. Além da pintura, Dalí dedicou-se também à escrita, com a publicação de “A Vida Secreta de Salvador Dalí”, e trabalhou por diversas vezes para o cinema, teatro, ópera e bailado. Em 1974 inaugurou o Teatro-Museu de Figueras, onde se encontra exposta uma grande parte da sua obra, e, em 1983, criou a Fundação Gala-Salvador Dalí, uma instituição que gere, protege e divulga o seu legado artístico e intelectual.
Salvador Dalí morreu em Janeiro de 1989.

www.thedaliuniverse.co.uk
www.targetbreastcancer.org.uk

Sem comentários: