segunda-feira, 30 de maio de 2011

COCA-COLA NO DESIGN MUSEUM

Para celebrar o seu 125º aniversário, a Coca-Cola dá a conhecer a história da sua identidade visual, no Design Museum, em Londres. Até ao dia 3 de Julho, estão em exibição algumas raridades dos arquivos da marca - normalmente guardadas num cofre na sua sede, em Atlanta – incluindo uma fonte Coca-Cola datada de 1947, então considerada um triunfo da tipografia aplicada. Uma sequência de várias garrafas de Coca-Cola mostra as subtis alterações ocorridas desde o lançamento da primeira versão, desenhada por Hutchinson em 1899. Em oposição, a identidade visual da marca permaneceu praticamente inalterada ao longo dos 125 anos.

Quem não tiver a oportunidade de visitar a exposição, pode fazer uma visita virtual aos arquivos da Coca-Cola em theverybestofcocacola.com



HISTÓRIA DA COCA-COLA

A história da Coca-Cola começou numa tarde de verão de 1886, quando o farmacêutico americano Dr. John Styth Pemberton tentava criar um remédio para a dor de cabeça. Pemberton levou este xarope - uma solução caramelada e colorida, misturada com água para curar "todos os males da alma e do corpo" - para a "Jacob's Pharmacy", em Atlanta, e a 8 de Maio de 1886 foi vendido o primeiro frasco. A história ou lenda conta que um freguês chegou à farmácia com muitas dores e quem o atendeu misturou o xarope acidentalmente com água carbonada ou invés de água comum e o resultado foi a Coca-Cola que todos conhecemos.

John Styth Pemberton associou-se a Frank M. Robinson e juntos criaram o logotipo da marca, patentearam o produto e o nome. Frank M. Robinson sugeriu o nome Coca-Cola, juntando os dois ingredientes chave do produto e desenhou as letras num estilo curvilíneo único que se mantém até hoje.

Nasceu, assim, a marca Coca-Cola, que foi impressa pela primeira vez num fundo preto com letras vermelhas. Posteriormente o logotipo oficial passou para letras bege sobre fundo azul e depois para letras brancas em fundo vermelho.

Em 1891, devido a problemas de saúde, Dr. Pemberton vendeu a sua famosa e secreta fórmula, juntamente com toda a empresa, a outro farmacêutico, Asa G. Candller, que adquiriu os direitos para criar a "The Coca-Cola Company".

Até 1919, Asa Candller conseguiu espalhar a Coca-Cola por todos os estados americanos e, nesse ano vendeu a empresa a Ernest Woodruff e um grupo de investidores. Em 1923, Robert Woodruff, filho de Ernest, assumiu a presidência da empresa e liderou-a por 60 anos, transformando-a naquilo que é hoje.

A Coca-Cola conseguiu atravessar todas as fronteiras de idiomas, religiões e culturas, mantendo a tradição de quase dois séculos de sabor. Hoje, mais do que um refrigerante, a Coca-Cola é um estilo de vida.


Sem comentários: