quinta-feira, 26 de maio de 2011

“DIOR, LE BAL DES ARTISTES”

No passado dia 14 de Maio, inaugurou na ville “Les Rhumbs”, a casa de infância de Christian Dior, em Granville, França, a exposição “Dior, le Bal des Artistes”, dedicada ao contexto artístico do trabalho do genial criador de moda francês.

Graças à colaboração com o Centro de Georges Pompidou e a Galeria Minsky, em Paris, a exposição integra uma diversidade de obras de arte que influenciaram o trabalho de Christian Dior. A ligação do criador ao mundo da arte sempre foi muito forte. Quando chegou, ainda muito jovem, a Paris, Dior trabalhou como galerista e manteve essa sensibilidade para a arte contemporânea ao longo de toda a sua carreira, como mostra a exposição.

Até ao dia 25 de Setembro de 2011, os visitantes da antiga casa de Dior podem apreciar uma série de obras dos artistas que o criador ajudou a revelar, como Giorgio de Chirico, Raoul Dufy, Alexander Calder, Alberto Giacometti, entre outros, juntamente com várias criações de Elsa Schiaparelli e Paul Poiret que demonstram as primeiras ligações da moda à arte e completam o ambiente glamouroso, artístico e despreocupado do período que antecedeu a Segunda Guerra Mundial.

A segunda parte da exposição demonstra como Christian Dior aprofundou as suas relações com os artistas do pós-guerra: pintores, escultores, fotógrafos, decoradores e também escritores, poetas e músicos. Christian Bérard, Jean Cocteau, o compositor Henri Sauguet… Cada um deles e os seus trabalhos inspiraram Christian Dior e deram origem a vestidos apelidados de “Concerto”, “Menuet” ou mesmo “Matisse”, “Braque”, “Picasso”.

Mais uma mostra imprescindível para os apreciadores de arte e moda.


Na imagem: Vestido "Concerto"

Sem comentários: