terça-feira, 22 de novembro de 2011

THOMAS STRUTH EM SERRALVES

O Museu de Arte Contemporânea de Serralves expõe, até 29 de Janeiro de 2012, uma das maiores retrospectivas do trabalho do fotógrafo alemão Thomas Struth. A exposição - que chega ao Porto após ter estado na Whitechapel Gallery de Londres e nos museus de Kunsthaus de Zurique e Kunstsammlung de Dusseldorf - reúne obras de 1978 a 2010, apresentando as várias áreas da fotografia exploradas pelo artista: fotos a preto e branco de várias cidades do mundo, retratos de família e impressões a cor em grande escala, tanto de selvas e florestas como de museus, igrejas, templos e locais de peregrinação.

Segundo a organização, a mostra revela a forma como Thomas Struth vê o mundo, em toda a sua complexidade, constituindo um retrato do mundo actual, nas suas várias perspectivas. A sensação de uma “convergência entre tempos”, que possibilita “ir e voltar atrás sem uma sequência narrativa rigorosa”, é o factor central da obra exposta em Serralves, explica James Lingwood, curador da exposição.

Thomas Struth, de 54 anos e com 30 anos de carreira, revela a importância do desenrolar “confuso da História” como um “tópico intimamente” ligado ao seu trabalho. As fotografias expostas variam entre diferentes tons e espaços. É como “ir do mais antigo à contemporânea Las Vegas”, refere João Fernandes, director do Museu de Serralves.

Um pretexto para visitar a Invicta nos próximos dois meses!


MUSEU DE SERRALVES 

Rua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto




Sem comentários: