quarta-feira, 9 de maio de 2012

BES PHOTO 2012 NO MUSEU COLEÇÃO BERARDO


O Museu Coleção Berardo, em Lisboa, apresenta, até 27 de maio, mais uma edição daquele que é já o maior prémio nacional para a área da Fotografia: o BES Photo. A exposição reúne trabalhos inéditos do português Duarte Amaral Netto, do moçambicano Mauro Pinto, da brasileira Rosangela Rennó e do coletivo brasileiro Cia de Foto.

Desde 2004, o prémio BES Photo, resultante de uma iniciativa do Banco Espírito Santo em parceria com o Museu Coleção Berardo, premeia artistas portugueses ou com residência em Portugal que se destacam pela sua criação fotográfica. Em 2011, o prémio internacionalizou-se e foi alargado a artistas de nacionalidade brasileira ou dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP). Por essa razão, todos os artistas selecionados este ano receberam uma bolsa de produção para a criação das obras que estão agora em exibição em Lisboa.

As obras dos diferentes artistas foram avaliadas por um júri internacional, que escolheu Mauro Pinto como vencedor do BES Photo 2012. O júri destacou "a entrega à realidade" do artista moçambicano, que se junta, assim, aos vencedores das edições anteriores: Helena Almeida (2004), José Luís Neto (2005), Daniel Blaufuks (2006), Miguel Soares (2007), Edgar Martins (2008), Filipa César (2009) e Manuela Marques (2011).

Na exposição de avaliação, Mauro Pinto apresentou uma seleção de 12 fotografias de uma série intitulada “Dá Licença”, com mais de mil imagens realizadas no Bairro da Mafalala, um destino turístico da capital moçambicana. O artista concentrou-se nos interiores das casas: chão de cimento, tetos e paredes de lusalite, cadeiras e mesas de plástico, sofás de cabedal destruídos. Nas suas imagens não há pessoas, os objetos e ambientes surgem como retrato da vida e transportam-nos para uma realidade habitada, sem quaisquer artifícios.

Depois da exibição em Lisboa e em resultado da sua internacionalização, a exposição BES Photo 2012 será apresentada na Pinoteca do Estado de São Paulo, no Brasil, entre os próximos meses de junho e agosto.













Sem comentários: