quarta-feira, 2 de maio de 2012

WORLD PRESS PHOTO 2012


A exposição World Press Photo 2012 inaugurou no passado dia 27 de abril, no Museu da Eletricidade, em Lisboa.

A edição deste ano do World Press Photo reúne mais de 160 fotografias, premiadas no âmbito do concurso internacional de fotojornalismo, ao qual se candidataram 101.254 imagens captadas por 5247 fotógrafos oriundos de 124 países diferentes.

O fotojornalismo é uma atividade singular que usa a fotografia como um veículo de observação, informação, análise e opinião sobre a vida humana. O exercício da fotografia dentro do jornalismo resulta frequentemente em imagens de qualidade e profundidade notáveis, síntese de momentos singulares e irrepetíveis.

O World Press Photo é uma referência do fotojornalismo a nível mundial. Em cada edição, reúne imagens de um ano inteiro e seleciona uma à que atribui o título de "Fotografia do Ano".

O fotógrafo espanhol Samuel Aranda é o vencedor do World Press Photo 2012, com um retrato de uma mulher que abraça o seu filho, depois deste ter sido vítima dos efeitos de gases lacrimogéneos. A fotografia, que se tornou um retrato simbólico da chamada primavera Árabe, foi captada em outubro de 2011, no interior de uma mesquita usada como hospital improvisado pelos manifestantes em Sanaa, no Iémen, no decorrer dos confrontos contra o governo do presidente Ali Abdullah Saleh.

Esta e outras fotografias de outros candidatos ao prémio estão em exibição até ao próximo dia 20 de maio no Museu da Eletricidade, em Lisboa. A entrada é livre.














Sem comentários: