quarta-feira, 23 de julho de 2008

DESIGNERS DE MODA VESTEM FIGURAS DA COMMEDIA DELL’ARTE ITALIANA

Para celebrar o seu 260º aniversário, a fábrica de porcelana alemã, Nymphenburg, lançou uma edição limitada das suas famosas estatuetas Commedia Dell’Arte, originalmente criadas pelo escultor Franz Anton Bustelli, em 1760. Dezasseis designers de moda internacionalmente famosos, como Esteban Cortazar (director criativo da Emanuel Ungaro), Maurizio Galante, Christian Lacroix, Viktor & Rolf, Vivienne Westwood, entre outros, foram convidados a criar novas roupas para as suas figuras favoritas. A nova colecção Commedia Dell’Arte Couture Edition 2008 inclui uma edição limitada de 25 estatuetas de cada designer. A delicadeza dos vestidos pintados, as fisionomias e as expressões das figuras tornam-nas únicas.

No século XVIII, as estatuetas de porcelana a representar personagens da Commedia Dell'Arte (comédia italiana de improviso) eram extremamente populares. As várias personagens que constituíam a típica comédia italiana eram imediatamente reconhecidas pela audiência devido ao seu guarda-roupa, e os detalhes dessas peças de vestuário eram fielmente reproduzidos nas figuras de porcelana.

As estatuetas da Comédia dell’Arte foram produzidas por todas as grandes fábricas de porcelana alemãs, mas as da Nymphenburg eram as mais perfeitas. Por volta de 1760, o escultor Franz Anton Bustelli esculpiu dezasseis personagens da comédia, que lhe valeram a reputação de um dos melhores modeladores de porcelana do século XVIII. As figuras são representadas em poses extremamente elegantes e ligeiramente exageradas que sugerem movimentos de dança e ao mesmo tempo transmitem alguns aspectos da personalidade da personagem.

Franz Anton Bustelli inspirou-se na moda da sua época para vestir as suas criações originais. Agora, a Nymphenburg convida grandes designers de moda da actualidade para criar “novas roupas” para estas famosas figuras.

Cada designer traduziu a sua interpretação contemporânea das estatuetas de Bustelli, “vestindo-as” com o seu estilo característico. A colecção será acompanhada por um livro de edição limitada, da autoria do fotógrafo e artista Florian Böhm. Com mais de 1000 fotografias e texto do crítico de arte Ronald Jones, a publicação dedica-se ao significado cultural e estético da Commedia Dell’Arte e da edição Couture 2008.

Sem comentários: