Obrigada pela sua visita. O blogue dailymodalisboa.blogspot.pt vai ser desativado em breve. Todos os conteúdos estão agora disponíveis no site www.modalisboa.pt, para onde vai ser redirecionado.


Thank you for your visit. Dailymodalisboa.blogspot.pt will be disabled soon. All contents are now available on the website www.modalisboa.pt, to which you will be redirected.






domingo, 14 de março de 2010

RICARDO DOURADO

Natural de Cabeceiras de Basto (1980), Ricardo Dourado terminou a sua formação no CITEX, Porto, em 2003.

Paralelamente ao seu projecto pessoal, com apresentação semestral na ModaLisboa desde 2004, integra o grupo de formadores do CITEX na área do design de moda.Recentemente criou a Lcd-inov. e Design, uma empresa têxtil que tem como objectivo principal a criação, produção e distribuição de produtos têxteis, na qual Ricardo Dourado assume a direcção criativa.

Ler Mais >



COLECÇÃO INVERNO 2011

DOWNLOAD PRESS RELEASE >



EM CONVERSA COM RICARDO DOURADO

ModaLisboa - O que pensa ser fundamental na formação de um designer de moda?
Ricardo Dourado – A vontade de fazer coisas novas, cultura geral, qualidade de vida, persistência e perseverança.

ML - Como é que as suas próprias experiências afectam o seu trabalho como designer?
RD – Tem precisamente a ver com essa cultura geral e qualidade de vida. Um dia disseram-me que a qualidade de um designer é proporcional à sua qualidade de vida e eu acho que é completamente correcto.

ML - O que privilegia numa colecção:
- O processo criativo ou o produto final?

RD – É o produto final que eu apresento mas é no processo criativo que eu me diverto, por isso é difícil destacar um em relação ao outro.

- Padrão ou Forma?
RD – Forma. Não gosto de padrões.

- Cor ou Textura?
RD – Textura.

- Verão ou Inverno?
RD – Verão, porque o Inverno é depressivo. Não gosto de dias cinzentos e isso vai inevitavelmente reflectir-se nas colecções.

ML – Fale-nos um pouco da colecção que vai apresentar hoje.
RD – A colecção é inspirada numa triologia do Paul Morrisey e a personagem principal é o Joe Dallessandro. Baseia-se um pouco nesse universo dos anos 70 e já com uma atitude muito grunge, que vai de encontro à minha colecção anterior. Trabalho algumas proporções e símbolos que também aparecem nesse filme e trabalho o ambiente, os brilhos, os pratas e os dourados. Existem formas e estruturas mais retro típicas da década de 1970 e alguns pêlos com impressões minhas, porque é um material que eu acho muito revivalista. Geralmente em Portugal, as pessoas quando pensam em pêlo pensam em casacos da avó e a minha ideia é tornar o pêlo num material mais contemporâneo. Por outro lado, a colecção divide-se em 3 actos, tal como nos 3 filmes, que apesar de terem o mesmo personagem, têm três ambientes muito distintos. Há ainda uma acessorização ou um look final que toca no religioso e que se baseia no colar que o personagem usa ao peito com uma cruz. Por ele ser uma pessoa muito só - apesar de estar sempre rodeado de gente, ele vive a solidão – eu entendo que a religião seja um ponto que lhe dá algum conforto, por isso trabalhei no final um pouco a religião.



DESFILE



5 comentários:

Sofia D. disse...

Muito Bom!!Parabéns!!!

Luís CF disse...

Muitos Parabéns!!

Sarita disse...

Parabéns! Está muito bonita a colecção!

Sarita disse...

Muitos Parabéns! Adoro todos os modelos.

- Matheüs Schröder :# disse...

Geovana está linda como sempre! Roupas maravilhosas... Coleção maravilhosa. Parabéns